Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2014
Imagem

Botânico Japonês

Quando tudo é nada
E eu me perco no caminho sem você
Quando faz falta te ver
E a saudade não acaba.
Já não há saída para nossas vidas entrelaçadas
Mas seu destino insiste em fugir do meu
Um dia eu te encontro por aí
Em um belo jardim
E ficaremos coladinhos assim
Como se nunca tivéssemos nos separado.
Como tudo deveria ser.
"O que eu achava lindo
Não vive dentro de você mais.
O que isso significa pra mim
É mais do que eu sei que você acredita
O que eu pensei que voce era agora
Custou mais do que deveria para mim
O que eu pensei que era verdade antes
Foram mentiras que eu não podia ver
O que eu achava lindo
São só memórias..."GNR - Street of dreams

Tears and Rain

Imagem
"Como eu gostaria de poder render minha alma
Tirar as roupas que se tornaram minha pele;
Ver o mentiroso que queima dentro da minha vontade
Como eu gostaria de ter escolhido a escuridão ao invés do frio
Como eu gostaria de ter gritado alto,
Ao invés disso, eu não encontrei nenhum significado.

Eu acho que é hora de correr para longe; achar conforto na dor,
Todo o prazer é o mesmo: ele só me afasta do problema.
Esconde minha verdadeira forma, como Dorian Gray.
Eu ouvi o que eles dizem, mas eu não estou aqui para criar problema.
São mais que apenas palavras: são apenas lágrimas e chuva.

Como eu gostaria de poder passar pelas portas da minha mente;
Guardar a lembrança bem perto,
Me ajudar a entender os anos.
Como eu gostaria de poder escolher entre o Céu e o Inferno.
Como eu gostaria de poder salvar minha alma.
Eu estou gelado de medo.(...)"

Street Peace

A angústia preencheu tudo aquilo que a paz deveria ocupar.
Aquele cara a conhecia
Sabia apenas que estava se metendo
Não era coisa simples!
Um novo amor nasceu...
A mente cheia, o coração bagunçado, e em pouco tempo
já não se podia pensar em outra coisa.
Ele sabia que mexia com ela
Provocava com olhares
Provocava com ideias
e depois fugia.
Uma nova dor estava prevista...
Então a tristeza dominou todo o ser daquela garota,
e se fez presente diariamente.
Mas o carinha desconhecia toda história, toda ilusão
Só queria conquistar
Mal podia adivinhar
Que agora morava em um novo coração.
Histeria, ansiedade, preocupação
Tristeza, loucura, desilusão.
Ela continuava agora entre tantos outros meios,
e sua eterna busca pela paz.
E apenas por ela.

Metrô Cruz

A menina estava revoltada
Tinha um sorriso desesperado no rosto
e andava á passos largos
Não sabia o que pensava
Não sabia o que pensar.
O sol queimava ao tocar sua pele
e a noite estava longe de chegar
O único barulho que se ouvia
Era o som das buzinas enquanto ela ia em direção a vida rotineira
Mas tudo a estressava!
Precisava fugir, precisava gritar!
Agarrar-se a realidade do mundo próprio e irreal.
Ela só queria paz
Ela só queria amar e ser amada
Entretanto, esqueceu como se faz isso
Pois não há mais tempo no dia a dia tão corrido.
No fundo, ela só queria paz.
Se você puder me ouvir,  saiba que estou decepcionada contigo
Se você puder me ouvir,  saiba que ainda doí lembrar de ti
Se você puder me ouvir,  saiba que te acho um covarde.
E saiba,  que apesar de tudo, ainda sinto falta de você
Saiba que sinto falta do seu sorriso
Saiba que sinto saudades dos nossos acasos.
Eu sei, você está muito longe pra poder voltar
Eu sei,  que aí é seu lugar
Sabemos que nada mais pode mudar. Nunca mais.
O amor se esvai,  e o amor se foi. O doce ficou amargo O bonito ficou feio O amor... Quem sabe no que se transformou. Ele foi grande parte de mim Motivo de quase todos meus sorrisos Motivação para uma vida melhor Mas o amor se esvai E dessa vez, ele se foi pra sempre.
Eu só quero minha vida de volta
Crescer foi a coisa mais dificil que fiz E perder alguém, mero detalhe. Eu apenas quero minha vida de volta Quando tudo era triste, mas alegre Quando tudo era breve, mas se eternizava em mim. Está sendo complicado relembrar Aquelas fotografias me matam lentamente. Eu só quero minha vida de volta. Meus amigos, minha vida, meu amor O futuro é desconhecido, e meu passado... É para onde eu consigo caminhar.
É onde eu quero estar.
A cada decepção, um trago
A cada trago, um estrago.
E assim vou levando a vida
E assim vou sepultando um pedaço da minha história
Transformando dores em fumaças
Decepção em tragadas.
Tudo parece mais calmo
Bem leve, distraído
A caminho da morte eu vou
Cada vez mais perto, cada vez mais rápido
Amando cada vez mais meu pior inimigo.
É quando você sonha com alguém
Quando você literalmente sonha com alguém
E ela parece que grudou em você
Fixou na memória
Na minha memória
E agora já ficou difícil enganar o coração
Complicou toda situação
Toda situação que eu criei em volta de toda paixão
Por que ele não pode pertencer a mim
Por que a distancia tomou o poder
Por que o amor não venceu.
E quando você sonha com esse alguém
A nostalgia ataca e a dor vem,
O amor reacende, e a lagrima cai.
Quando é apenas no sonho que toda saudade se vai.

Sono, ué

Chegando em casa, com o sol já clareando
Percebo o quanto escuro está aqui dentro de mim. A embriaguez ainda me parece mais lúcida que todo meu amor reprimido Por que tudo mudou e eu não tinha percebido ainda Aqueles sorrisos... São por outros motivos Aqueles histórias... velhas histórias... Já não fazem mais sentido Toda aquela amizade, não passa de um passo sem sombras Saudades ficaram. E apenas elas.
O sono me arrasta pra cama
A garrafa, para o bar
Me chama, e me diz que tudo acabou
Sem querer aceitar, ficou onde estou
Com vontade de chorar, com vontade de gritar
Vendo o tempo passar, todo mundo ir sem se despedir
E eu ficar... E eu ficar só.
Só eu e minha solidão.
Embrigado-me outra vez, na busca de uma alucinante viagem
Em busca de nada. Em busca de ninguém.
O sol já raiou, e o canto dos pássaros me fazem companhia.
O dia despertou, e ainda não descobri porque acabou
Por que nada restou
Por que todos se foram. E nem ele ficou.