Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2014

THIS I LOVE

"E agora eu não sei por quê, ela não diria adeus, mas então parece que eu vi isso nos olhos dela.
E poderia não ser sensato, eu ainda ter que tentar com todo o amor que eu tenho aqui dentro que não posso negar.
Eu simplesmente não posso deixar isso morrer, porque o coração dela é como o meu...
E ela guarda suas mágoas por dentro.
Então, se você me perguntar por quê ela não me diria adeus
Eu sei que em algum lugar por dentro, há uma luz especial, ainda brilhando intensamente
E mesmo nas noites mais escuras, ela não pode negar.
Então, se ela está em algum lugar perto de mim, eu peço a Deus que ela me ouça
Não há ninguém que poderia me fazer sentir-se tão vivo...
Eu esperava que ela nunca me deixasse, por favor, Deus, você tem que acreditar em mim
Eu procurei em todo o universo e me achei dentro dos olhos dela.
Não importa a forma que eu tente, eles dizem que é tudo mentira, então, qual é o papel das minhas
confissões de um crime, de paixões que não morrerão em meu coração..."

GUNS N ROSES

ForMoon

Fora como a estrela cadente:
Brilhou numa noite linda, inesperadamente, deixou sorrisos, e partiu deixando esperanças de rever-te.
Fora pra mim,  a estrela que mais brilhou na minha vida.
Deixou um legado, deixou vida, paciência, confiança, intuição, e um desejo de reencontrar-lo.

Anti-one

Me deparei com a saudade
E tudo que encontrei foram erros ortográficos e você.
Especialmente, você.
Estranhamente, você.
Apenas você.
Mas por que?
Não entendo porque penso em ti
Não compreendo porque quis ir
Eu não entendo, eu nunca entendi
Não dói, mas faz falta
Depositei minha fé em alguém que partiu
Viu de perto minha ferida que não cicatriza
E sumiu
Admirou, e não se interessou...
Eu sinto falta...
Especialmente de você.
Estranhamente... apenas de você.

PS

Eles não entenderiam que tudo que eu tenho é a fotografia
Não suportariam se eu dissesse que sou pura poesia
Mas é tudo que vivo, tudo que me restou.
Quisera eu poder viver com meus escritos
Mas esse é um tipo de sacrifício que não vale a pena viver.
Essa noite eu senti saudade dos amigos meus
Eles sumiram sem ao menos dizer adeus
E nossos corações já não batem no mesmo ritmo
Nossos sorrisos não encontram o incomum
Novo mundo, novas histórias
Responsabilidades que não tinham
Conquistas agora sem glória.
Saudade é o que me preenche
Poesia é o que me suporta
Fotografia é pelo o que eu vivo
Já que todos saíram pela porta.
"Posso ver a cor E o reflexo da minha depressão Posso ver o perfil Do fantasma que há em meu interior E não deixei de fumar
E não posso dormir E no meio da solidão Continuo pensando em você E não me atrevo a começar
A esquecer o fim Porque me assusta decifrar O que haverá atrás de você...".

RBD Que hay detrás
Eu me apaixonei pelo sorriso dele
E como se não bastasse
Logo me encantei pelo jeito
Parecia loucura
Então ele enlouqueceu
E sumiu com a doce fragrância
Parecia besteira
Mas ao sentir o perfume novamente
Fiquei sem eira nem beira
Desejando-o cada vez mais
Pra poder abraça-lo intensamente
E me sentir completa cada vez menos
Perdendo a esperança de algo bom vir dele
Porém, desejando outrem
Sabe la quem
Como eu te amo, amor incenso.

Maldito anuário

Não são poesias
São dores exaladas
Que já não suportam ficar caladas
Por tantos dias
Não rimam por querer
É a vida mostrando-me
Uma forma de viver.
"Aprendi com esses sonhos sem sentido nem explicação
Que a minha vida não passa do roteiro sem a tua direção
E eu sei, ainda nem te conheço..."

Visconde
Quando é preciso e não quero
Quando me impedem e eu não devo
Quando dizem não e eu já estou lá
Tentam me convencer que há um plano maior
Um plano maior que eu
Sobrevivi pra ver
Sofri em dobro
Perdi você.

Years

Fazem dois anos e eu mal me lembro.
Mas sei que foi quando a razão me subiu a cabeça
Que a emoção se trancou
Quando ele foi embora
Viajou, me deixou
Fazem dois anos e ele nem sequer lembrou.

Laje

Ainda lembro como começou
Eu e você naquele lugar
Com seu olhar me conquistou
Quando me toquei
Você sorriu pra mim
O céu se abriu e então percebi
Já era você meu motivo de ser feliz
Então me permiti viver pra você
Sem ao menos saber
Que logo iria fugir
Agora diz como irei fazer
Pra me refazer sem teu olhar
Sem teus olhos pra me guiar
recomeçar sem me desfazer
Me diz o que eu faço
Sem o teu abraço
Eu acreditei no poder do amor
Quando senti você pela primeira vez
Ainda me lembro como tudo isso começou
Eu e você naquele lugar
Aquela tarde de sol
E  a chuva caindo dentro de mim
Mas era você meu motivo de ser feliz
Então me permiti viver pra você
Sem ao menos saber
Que logo iria fugir
E partiu sem ao menos dizer Olá
Mas  é só ela. Sempre foi.
O amor da minha vida!

E eu não quero perder minha melhor amiga por nada.



Bell Ferreira.
"Tudo o que eu tinha era um quarto e o dinheiro dos meus pais
E alguns amigos que cabiam numa mão."

Fresno
E é só você que tem o poder de me acalmar, me fazer feliz, ter esperanças de um novo dia.
Descrever meus sentimentos, e cantar com a voz mais formosa.
Ansiar por um final de semana
Desejar a nostalgia que me mata
Só pra reviver os momentos ao lado teu.
Me faz sentir que posso ser uma boa pessoa
Me transformando em algo melhor
Só não quero te perder.
Você me mostrou a vida.
Eu aprendi a viver
E só com você...
Só por você.
"Seu olhar é lindo, ver você sorrindo é demais!"

Djavan.
Imagem
Quando teus amigos não te enxergam
Quando você pede socorro
E é atacado a pedradas
A bondade é suplicada
Esqueceram de como serem agradáveis
E você sente falta disso
Sente falta dos abraços
Passa a acreditar que bons amigos
Amigos bons
Só na casa do vizinho.
Ser bom implica em não querer recompensa
Mas estranho e me entristeço
Em ver que o abraço é pago e sem valor
Perdi tempo cultivando sentimentos errados?
O que fazer quando teus amores te abandonam?
Te machucam?
Eu já não sei, porém a esperança não me deixa desistir
Um sorriso me basta
Mas não é carência, é amor
Amor não recíproco por sinal.
Tão individualistas que só pensam na forma de como satisfazer os próprios desejos
Fui esquecida e não esqueci do que devia.
Fui trocada, e são tão covardes que não admitem.
Tô tentando
A esperança não me deixa desistir
Mas estranho e me entristeço
Por ver a bondade sendo suplicada.
Ser esquecida por quem ama.
Gritar socorro em vão.

Tuca

A manhã começou
Torcendo pra ver o brilho do teu olhar- totalmente imprevisível
Ele é tão improvável.
Mas eu te vejo e começo a sorrir
Seus olhos, sim, eu insisto neles
Têm vindo na minha direção com mais frequência
E eu amo esse olhar
Sim, eu insisto nisso.
É algo puro que tenho.
Nem sequer uma memória sua permanece intacta
A tarde chegou e as emoções se foram
E com ela, teu sorriso
Sim, eu adoro ele.
Torcendo pra te reencontrar
Numa rua qualquer
Seja a hora que for- inconsolável saber que é impossível. Ele é tão ocupado.
Quero voltar a sorrir
Ter brilho nos olhos também
Ser preenchida com o amor
Na verdade, sinto falta de você.

Ele ensinaria

A ingratidão invadindo
A bondade deveria estar tomando conta
Críticas sendo expostas
Ao invés de abraços bem apertados
Eu queria saber porque andam tão mal humorados?
O mundo tão estranho
As pessoas em caminhos tortos.
Quem sou eu pedindo um amigo?
Quem sou eu querendo companhia?
Quem sou eu falando algo? - ninguém me escuta.
Quem sou eu em meio ao mundão.
Quem sou eu que vive de solidão?
Mal sei quem são meus amigos
Mal sei o que tenho
Mal sei, não sei
E se serei, alguém além de quem, um dia...
Ainda pensando em você.
Te ver, ver,  ver...
Te ver e não te tocar é morrer.
Pedindo sua atenção
Quando irá reparar que existo?
Te peguei olhando em minha direção
Um sorriso apareceu instantaneamente
Oh mente insana!
Deseja o que não pode ser meu
Novamente andando em círculos
Porque essas ideias precisam nascer pra mim viver.
Ainda quero te tocar
Mas sou/fui saciada pelo teu olhar.

Lareira

Passando por um lado
Assisti pequenos olhos
A embelezarem minhas retinas
E que enfeitiçam minha mente.
Louca em pensamentos distantes
Te vejo sendo parte de mim
Haha
Totalmente abstrato.
Apenas 90 dias apaixonado.
Guardando meus pensamentos pra mim
sentimentos e afins
Eu nunca soube me expressar corretamente
Então preferi ficar no meu cantando escrevendo
Expondo meu corpo nu
Minha alma impura
A todos que se disporem a ler
Perdendo tempo
Ganhando rimas
Perdão, perdão
Eu me perdi em teu olhar agora
Voltando a minha mente inquieta solitária,
vejo-me quieta
revendo ideias
Pensando no que fazer com todas aquelas folhas na gaveta
que falam de um amor e depressão invencível
Folhas com prosas
Folhas com puro amor
Nunca expostos por desunião.
Desunião
Solidão
Incompreensão.
Tudo que vem no pacote
que escolhi de exilada.
Eu sempre hei de comemorar sozinha a minha alegria
Toda felicidade do mundo dentro de mim e do meu quarto Meu sorriso pequeno fazendo conjunto aos meus olhos esbugalhados São apenas para alegrar ao Senhor Eu sei, fora uma escolha minha Minha solidão contente Isso apenas me basta. E não trocaria por nenhuma multidão barulhenta Um olhar individual, na tentativa de sentir o sentimento de outrem Transformando em mim, pontos positivos
Transformando ali, em fotos ou poesia.
Por toda minha vida ser fiel a solidão até a morte.
Até quando não restar nada de mim.
Serei pó e poesia.
Renascendo cada vez que uma linha escrita por mim for lida.
Sendo imortal.
Comemorando minha eterna vida.
Sozinha e poética.