Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014

Curriculum

A sensação da morte ja não é desconhecida
Minha amiga traiçoeira
Que vive a me visitar.
Uma angústia que me preenche,
Fome insaciável,
E uma cartela de remédios que não parece resolver.
Mais eu tento ser melhor
Mais fundo se enraízam às dores.
Eu estava em paz
Quando tudo isso começou
Quem poderá me salvar?
Eu não tenho ninguém além de Deus
Meus amigos fugiram
Meu anjo voou
Meus pais inconsoláveis...
Deus deveria me bastar
E basta,
Mas viver sozinha
Pagando alguém semanalmente pra me escutar
É um tipo de vida indesejável.
Eu tento seguir...
Estava indo bem,
Mas chegou a noite que não suportei
A solidão me denunciou
A morte me visitou
E encontrada sem voz, sem ação, forças e caída numa cama
É onde estou.
E agora?
Quem virá me visitar?
É um pedido de socorro
Quem irá me salvar?
"...Até então, vou me esconder no meu quarto Ficando acordado a noite toda só pra escrever Uma canção de amor pra ninguém..."
John Mayer

Quase #confissõesnamadrugada 3

Nessas horas eu costumo ser bem sincera, mas nem tão clara.
Sabe, eu tentei. E dessa vez foi de verdade: Eu tentei não lembrar.
Sabe? Eu sei, é coisa passageira.
E eu não devo me apegar apesar da minha vida ter sido sempre assim.
E tudo aquilo, todos aqueles olhares distantes, marcantes
Pequenos, profundos. Sinceridade e paz estavam presentes.
Sabe? Eu não deveria escrever tanto, eu disse que iria eternizar assim
Mas todos os momentos do dia, eu me vejo sorrindo por isso.
Eu sei, procuro a paz, e nele eu senti isso
Senti que ainda há esperança de recomeçar sendo simplesmente eu mesma
E viver o que eu sempre eu adiei
Você sabe, eu sei
Sabemos que Deus tem planos
E foi encontrando Ele que eu me achei e encontrei aquele barba negra
Eu olhos aquelas fotos, e por mais que eu vejo e sinto o quanto aquilo me faz bem
estar presente naquele meio
O sorriso dele que me deixa mais feliz.
Pessoas boas cativam meu coração
Eu torço, oro, espero
Que não seja nada além do que as poesias sejam capazes…
"Escrevo as últimas palavras
Enfrento ou finjo que não vejo
Espelho meu desiste dessa cara
Esqueço ou fico com desejo
Espero mais ou devo apaga-lo
Entrego a ela todos os segredos Ela que era tudo para mim
Foi tudo para mim
Tudo."
(Eu e ela)
Nano Reis

Jesus

"...Você é a força
Que me mantém andando
Você é a esperança
Que me mantém confiante
Você é a vida
Para a minha alma
Você é meu propósito
Você é tudo."

Everything (Lifehouse)

Closed

Fechei os olhos e lembrei de você
Seu antigo corte de cabelo
E do seu sorriso meigo
O abraço tem feito falta
E em breve
Mal lembrarei de ti
Me ajude a ser melhor novamente
Me ensine o que falta em mim
No momento só você pode fazer isso
No momento só você pode me salvar
Geralmente eu busquei quem parecesse comigo
Alguém que me entendesse, compreendesse
risse das mesmas coisas.
Encontrei. E ele se foi.
Após todas desavenças
Busquei alguém diferente
Talvez me completasse.
Fosse novidade
me prendesse, me amasse.
Encontrei. E ele se foi.
E então o que estou procurando?
Quem? Onde?
Por que eles se foram?
Por que eu mesma destruí?
Antes de concluir o pensamento - se isso é possível
Pensei que procurasse o amor
Mas eu o encontrei, amei, deixei
Amado Senhor, o que eu quero pra mim?
O que eu tanto busco?
Não sei onde ir
E estou cansada de correr
Não quero amar, apenas me encontrar
O certo, o errado
Quem sabe, o tão esperado
E eu não estou pedindo demais
Eu quero o que é meu
Não tem nada preparado pra mim?
Não tenho planos, destinos?
Quem foi que me contou toda essa mentira?
Estou precisando entender
Pois aquela pessoa fica na minha mente
E não se encaixa em nenhum padrão
Não se encaixa nem no meu amor
Eu preciso saber, Senhor
Tens planos pra mim?
Tens?
Eu não queria escrever
Para não te eternízar em minha memória
Mas seus olhos
Seus pequenos olhos
Ainda estão em minha mente
Seu sorriso
Junto a aquela barba suja
Parece que me prendem
Pois quando fecho os olhos
É você que vejo.
Seu suor quente
Seu temperamento frio
Jeito simples
Adorável...
Benditos são seus pais que te criaram.
Tenho em minha mente
Todos momentos em que te encontrei
Quando era apenas um naquele bando de loucos
Quando era apenas alguém pra mim.
Na verdade ainda é
Mas tu tens algo que não me deixa esquecer
É por pouco tempo
Mas aparenta ser inesquecível.
Vejo todas essas fotos
Pedaços de quem fui
Realidade de quem sou
Grudadas na parede
Fixadas em meu coração
Eu gravei no papel
Marcas da minha história
Da qual sinto saudades
Da qual to construindo
Consumindo.
Fotografias por toda parte
Fotografia é um membro externo meu
Poesia que é para servir
E não para me expressar
Marcas de outrem Em mim, desde muito tempo. Vejo todas essas fotos E me lembro do que vivi... Algumas já esquecidas Algumas, eternas.

Forma forma... Acabou.

Algumas coisas passaram e eu tive apenas que aceitar
Teve o tempo de preparo
De ensaio
Comemoração
E agora acabou.
Quem poderá Mudar?
Eu estive todo esse tempo com vocês
Ainda me lembro do dia que eu cheguei naquela sala
Tão perdida, e hoje, tão ligada historicamente. Sentimentalmente.
Os capelos foram jogados
A cerimônia acabou.
Quem poderá Mudar?
Pra sempre em minha memória.
No meu coração.
No meu cartão SD.

Neon

Até quando você irá brilhar pra mim?
Quando deixará de ser visível de forma tão linda apenas ao meu olhar?
Só eu posso te ver
Eu te criei
Pra antes de partir, sonhar que visitei o céu e vi meu desejo impossível realizado.
Terá algum lugar que você não irá mais embora
Que iremos passar a noite juntos E nada poderá nos separar até o sol nascer.
Marvin, agora é só você...
"De vez em quando eu penso quando nós estávamos juntos Como quando você disse que se sentia tão feliz que poderia morrer Eu disse a mim mesmo que você era certa para mim Mas me sentia tão solitário em sua companhia Mas aquilo era amor e é uma dor que eu ainda me lembro
Você pode ficar viciado a um certo tipo de tristeza Como uma negação ao fim, sempre o fim Então, quando descobrimos que não fazíamos sentido Bem, você disse que ainda seríamos amigos Mas admitirei que fiquei feliz que tudo terminou
Mas você não tem que terminar comigo Agir como se nunca aconteceu algo e que nós não fomos nada E eu nem sequer preciso do seu amor Mas você me trata como um desconhecido e isso é tão bruto (...)."
Gotye Somebody That I Used To Know

E outras, e minhas, e meus! Adorável 2013.

Imagem
Eu mal lembrava de muitas coisas, e certas pessoas até esqueceram de mim. Foi um dos motivos pelo quais estão escondida atrás de um quadro branco, mas em minha mente, essas são as jamais esquecidas.
Nesse ano amei, amei insanamente. Quase noivei, por loucura. Quase amei, por precipitação. E quando me entreguei, não foi pra valer. Encontrei Cristo e quase o deixei. Vivi feliz com meu trabalho, mas quase coloquei tudo a perder por entrar na frente de um carro no caminho a escola. Pessoas especiais foram cureis como nunca, e eu percebi que todo esse amor só valia a pena pra mim! Outras pessoas foram e sinceramente, tanto faz. Agradeço por isso. Mas outras... Outras eu machuquei. Outras eu não quis reconhecer.Entretanto, que posso fazer? Não é de coração. Nesse ano que mal se foi, eu reconheci realmente (eu espero) a importância das pessoas, e a característica de cada uma. Aprendi o que eu posso fazer pra lutar, o que eu posso e devo fazer para conseguir o que quero. Fui prisioneira da t…