Postagens

Mostrando postagens de 2014
Não há solidão com você
Por isso sua ausência me mata
Mas ela tem me feito companhia por dias e dias
E tudo que sinto
Eu não consigo esconder
Controle eu não sei onde ficou
Loucura foi o que restou
Desse tipo de amor que os Deuses me mandaram.
"Não sou poeta ou escritor, PhD ou seu doutor Nem tão moderna ou démodé, é só canção para você Aceite os versos que eu lhe fiz para te fazer feliz A rima é pobre, mas quando o coração é nobre, toca na TV."
Suricato
É tarde e eu não te encontro
Você está longe demais pra voltar agora
As estrelas me lembram como costumávamos ser
E eu me pergunto se você ainda pode enxerga-las
Se por acaso, ainda lembra-se de mim
Ou se o horizonte se fez razão
E a distância mostrou a verdade de um amor irreal.

E eu que não acreditava, que não imaginava, aqui estou eu sem paz, sem ar, desnorteada
Perdida no teu olhar, confusa com teu falar, e tudo que eu não conseguia imaginar agora eu sou. Estou. De alguma forma, e apenas te ver não me conforta, tudo parece um furacão em mim.
É que não me conforma ter que viver assim. Eu sem você e você longe assim.
Eu não escrevo poesia
É ela que me escreve
Me descreve
E reflete o que sou
Da forma mais sincera
Sem ser discreta
Assim como a vida me formou.
A verdade é que o real não me convence. Não me atrai.
Apenas distrai e não faz ninguém contente.
Não que a ilusão seja prazerosa, mas ela me seduz
Principalmente se veio da minha mente
E me preenche por tanto tempo que se chega me convencer que é a melhor saída
Na chegada ou na despedida... Na minha mente sempre foi mais divertida.
Não há nada escrito aqui pra você
Por você
Tudo é sobre tentar esquecer
Reviver
Renascer.
Não é romance
Não é poesia
É um desabafo
Melodia.
Não há verdades
Há rimas
Há saudades.
Tudo com emoção
Nenhuma com razão.
Nada sobre mim.
Não há distância que mude
Dificuldade que desmotive
Ou tempo que desfaça
Tudo que eu sinto
Agora que te fiz eternos nas minhas palavras
Agora que te marquei dentro e fora de mim.
Era apenas mais uma noite qualquer
Onde eu olho pra sua foto e encho a taça de vinho e lembranças
Estou perdida em um caminho
No qual eu não posso te encontrar
Então eu encaro a lua
E reconheço toda imensidão do céu
O impossível não existe mais
E nada é tão longe se você está dentro de mim
A bebida acaba, e eu que não sonhava,
Sinto o sonho crescer
A vontade fluorecer
e você... Sempre presente
Menino feliz e contente
Que me faz adormecer pensando no dia que poderei te ver
Menino alegre e sorridente
Tolice é não aceitar que seu olhar me embriaga mais
que qualquer licor que eu possa tomar.
Das noites embriagadas,
Dos joelhos dobrados na igreja,
Dos amores impossíveis
Das viagens incríveis
Dos sorrisos largos ou forçados
Dos abraços apertados ou achatados
Só me levam a ter certeza
que nessa vida eu só quero ser feliz.
"Apenas as palavras sangram Dentro destas páginas, apenas me abrace E eu nunca te deixarei ir."



Ed Sheeran
"A coisa mais importante que se pode aprender é amar e amado ser."

Moulin Rouge
Sofrer não é mais uma opção
É uma consequência por não te ter
Por não poder te ver
Anoitecer e amanhecer sem você
É uma loucura, é enlouquecer.
Amor, não é uma escolha
É uma obsessão
Amor, não pode ser amor
O que sinto não tem nome
Apenas o teu endereço.
Já não é inalcançável
É indesejável!
Pois se foi e já não faz falta
Por que seu abraço já não é mais o único
e sua paz deixou de existir
Na noite em que precisou desistir de tudo que
era tomado como princípios
E tornou-se alguém irreconhecível
Desprezível
Totalmente imprevisível.
Não me diga que não virá Não me diga que terei que parar de sonhar Cansei desse negócio de esperar O que quero é pra já Por que a saudade já não consegue mais suportar E sua ausência me destrói aos poucos.
Dizem?  Esquecem.  Não dizem?  Disseram. 
Fazem?  Fatal.  Não fazem?  Igual. 
Por quê  Esperar?  - Tudo é  Sonhar. 
Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"
Perdão. Eu só preciso pedir perdão.
Eu tive que te odiar pra poder me libertar
Só assim eu poderia ter paz
Só assim eu poderia ser capaz de largar o meu passado
E seguir pro futuro distante
Seguir pro futuro sem você
Por que assustava me imaginar assim
Sabendo que um dia você foi grande parte de mim.
Mas dessa vez eu realmente te deixei partir
Pois só assim eu pude respirar
Mas dessa vez eu também tive que ir
Pra viver de novo, voltar a amar.
Amor, não é amor,  É uma ilusão que me traz tanta dor.  Amor, não é amor,
É obsessão dentro do coração.
(KLB)
Como se já não fosse mais possível viver assim
Eu continuo lutando pra controlar isso em mim
Isso que não sei do que chamo
Só sei que é tão meu que é seu
inteiramente, intensamente e insanamente seu.
Onde está minha felicidade agora que não dentro de mim?
Lembro-me bem daquele dia
Não era a primeira vez que tinha avistado nossos olhos se cruzado por aí Depois de todo esse tempo É o que de mais comum tenho vivido E do que mais necessito pra viver. De alguma forma absurda Lembro-me bem daquele dia em que te vi sair pela estrada Não era a primeira vez que isso acontecia Mas depois de saber que era o fim O dia virou noite A alegria virou tristeza O tempo passou, e nada foi o que ficou
A distância era perto demais
pra te suportar assim.
Eu cheguei e ele estava ali Fingindo que mal o observei Dizendo não ter importância. Quando ele quis sair dali Foi então que eu me toquei Meu orgulho não é sinal de liderança Ele olhou pra trás E logo, meu bem Percebi que não tinha mais como fugir O que era meu estava ali E eu com essa ignorância. Deveria ter uma formula para ficar Algo que o prendesse ali Mas tudo tem um final ele precisou ir. Quando me toquei Perdi quem eu amei por alguns segundos e fortes desejos, que poderia ser  aquilo que eu mais queria.
Um sorriso que transformou
Um olhar que brilhou
Ideias que modificou tudo o que eu era
Mas então veio os dias, semanas, meses
E quando o ano se foi, já não havia
Aquilo que me hipnotizou
O brilho que me ofuscou
E a ideia desmoronou
Assim como meu amor.
Você precisou ir
E eu fiquei
Esperando de novo, pelo novo
que jamais encontrarei.
Não sei se posso chamar de inesperado
Pois esperei por tanto tempo você
Que agora que chegou, já te sinto tão meu
e o mais estranho é não te ter por perto.
Chegou dezembro
Se foi você
Veio o que eu queria
Tudo, menos você
Paciência não será necessário
Amor já não é o suficiente
Eu já quis tudo
Inclusive você
Agora, só quero a mim mesma
 a quem eu possa amar.
Sentir que sou minha outra vez
Fazer tudo que é permitido á mim
Tudo que der vontade
Menos você
Exceto você.
Nunca mais nós dois.
Imagem
Baby, eu queria só te encontrar encontrar teu sorriso  sentir novamente a alegria baby, eu juro que queria só isso Baby, eu só quera te abraçar Abraçar teu corpo Sentir teu calor Baby, eu juro que não queria mais nada Depois de perder você eu não consegui seguir Baby, eu só queria ter você por perto De certo, só meu. Baby, eu juro que só queria isso.
'Você conheceu uma pessoa. Parecia ser legal. Vocês andaram de mão dadas no Shopping, viajaram juntos, fizeram planos. Não era só um relacionamento: era uma perspectiva de vida em comum. Mas, infelizmente, não deu certo. Acontece. E você vai pro fundo do poço, ali onde só o Discovery Channel te acha', escreve Lusa Silvestre
Ele não podia ficar
Tinha outros compromissos
Mas eu fiquei
Permaneci no mesmo lugar durante meses
E após tanto tempo
Quando pude reencontra-lo
Foi como se tempo nenhum tivesse passado
E o abraço, o sorriso
Era iguais aos que eu lembrava
Só que aquilo novamente teve fim
Eu não podia ficar
Tinha outros compromissos
Eu fui
Mas ele também
E estou perdida no caminho
Tentando reencontra-lo
Abraça-lo
Sorrir novamente.
Ardentemente
Interruptamente
Intensamente
Afirmando que não há distancia ou tempo
que possa nos separar. Ao menos por uns segundos
Apenas pra me fazer feliz.
Foi como um combustível para me dar forças 379 dias é muita coisa E eu sei que nada mais será o mesmo Se não minha vontade e meu amor.
Perdi o que talvez pudéssemos chamar de dom
As rimas
As combinações
As ideias
E as paixões
Meu coração está pausado
Meu corpo congelado
Á espera de uma inspiração
Um abraço, um beijo
Reencontro, reconciliação
Qualquer coisa que me faça suspirar.
Sendo da mesma essência, mas separados pelos princípios.
Sendo atraída pelo teu ser, mas enfurecida com você.
Somos muito diferentes e muito parecidos, até que se prove o contrário.
Ou quem sabe, eu não possa voltar
Já não é aqui meu lugar
Encontrei o que é meu ali fora.
Fui buscar e não volto jamais!
Talvez ele não possa voltar, porque na verdade ele nunca foi de verdade.
Fui covarde todo esse tempo
Fugi de toda felicidade
Me encontrei naquilo que não gostava
Me prendi com medo
Fui vencida!
Caí, me machuquei
Mas dessa vez a história não teve um final feliz
Uma rima bonita
Tornei-me apenas aprendiz.
Infeliz.
Sozinha.
Agora sou eu e apenas eu.
Eu tive que deixa-lo ir, mesmo amando
por que meu amor não era meu
e eu sempre soube que jamais o faria feliz.
Então agora eu estou livre
Mas não há nada que me prenda aqui
Não é esse meu lugar
Não é com quem eu deveria estar
Eu tenho o mundo
Mas poder e liberdade não são nada
sem ele para compartilhar.
"Do amor ao esquecimento."
"Combustível pra alma, minha inspiração
Povoando minha existência e imaginação."

Maneva
Quando não se tem alternativas, sua única saída é ser forte. Mesmo quando a lagrima cair... Levante o rosto e encare a ventania Por que se houver neblina, é que o sol já vai sair.
Destinada a solidão, a tristeza se fez poesia.
Despertou
Tudo que era nosso, renasceu
Com um abraço, reviveu
Quantas saudades de ti, amor meu.
É pelo meu bem Pelo meu estar Eu preciso desabafar Dizer o quanto sinto E sinto tanto, e sinto muito por não ter você assim do jeito que eu quero, perto de mim.
Eu sou poeta e não aprendi a amar.

Malandragem - Cássia Eller
Minha maior falha é fugir de todos, e não escapar de mim.
Ninguém levava a sério seus distúrbio
Suas dores
Seu clamores
E ela teve um fim que diriam que não esperavam
Mas a verdade é que não notaram os sinais
de uma vida miserável
Solitária e agonizante por tantos anos
A morte foi apenas a conclusão
de uma vida não satisfatória que levou por anos
Enquanto todos a ignoravam
Desprezavam
Não valorizaram o seu melhor
Ela se foi para a paz que sempre buscou
Para o amor que sempre almejou
Ou quem sabe, ela apenas teve seu fim.
"E assim começo a contar
Os dias que faltam pra te ver chorar
Pura vingança. Me disseram, eu sei!
Enfim, me despeço, porque a dor e a saudade não vão te deixar."

Pélico
Para ser grande, sê inteiro: nada  Teu exagera ou exclui.  Sê todo em cada coisa. Põe quanto és  No mínimo que fazes.  Assim em cada lago a lua toda  Brilha, porque alta vive Ricardo Reis, in "Odes" Heterónimo de Fernando Pessoa
Menina macho, homem delicado.
Sou eu quando quero, sou eu quando preciso
Sou quem eu quero ser
Quando me der vontade de apenas SER.
"A presença maior na minha vida é a ausência dele."


Ezequiel Neves sobre Cazuza.
É tudo que eu mais quero
Eu não nasci para ser censurada. Meu mal humor me dominou A loucura tomou conta E a solidão ali permanece. Precisei aprender que sou um pouco de cada pessoa Vou sugando - com delicadeza - Tudo o que posso Para construir algo bom e prazeroso Sempre buscando um pouco de mim em cada canto Vou seguindo desnorteada em busca do amor Do amor, da solidão, da euforia e da melancolia. Sou um pouco de tudo, um pouco do mundo Mas exclusiva de mim mesma.

Start again

Telefone toca
É você me chamando para mais uma partida inevitável desse amor Me rendo, me perco É hora do jogo Um beijo, quem sabe onde isso vai parar? Tudo cheio de desejo Querendo saciar o corpo Encher a alma com o nada. UP! Parece que eu não consigo evitar Você ganhou a partida Mas THE END é inevitável Você me perdeu.
Não é aqui o meu lugar
Não é aqui que eu deveria estar
Tem um mundo a minha espera
Tenho uma vida inteira para ser descoberta
Mil vontade para saciar
Mil desejos para redescobrir
Algumas coisas pra aprender
Quero sumir, fugir
Poder viver.

Meu maior e mais gostoso erro.

O MAIS ABSURDO DOS VÍCIOS
Arte de Matisse

por: Fabrício Carpinejar


Se você acha que se apaixonar é ruim, existe algo muito pior: é se viciar em alguém.
É mais do que paixão: é vício mesmo.
Não terá saudade, mas abstinência.
Não terá memória, mas flashbacks.
Não ficará distraída, mas apagada.
Não conseguirá lidar com a paciência, com a calma, com a espera.
Você estará transtornada mais do que transformada.
Foi arrastada, muito além de um arrebatamento.
Sofrerá de dependência química das palavras, dos abraços, dos beijos.
Até a alegria será um desespero.
Você não calcula qual o motivo da ligação.
Odeia estar assim, mas ama estar assim, já que nunca esteve assim.
Só chama o outro de chato, irritante, insuportável, porém nada interrompe a proximidade.
Não tem como largá-lo. As justificativas que arruma para se distanciar acabam acelerando o próximo encontro.
Nenhuma desculpa produz distância, nenhum blefe, nenhuma ameaça, nenhuma cena de ciúme.
Você não terá razão porque já perdeu a razão.
Sua ânsia é por m…
Como se fosse errado, matar minha vontade por que ela me mata.
Vou contentando-me aos poucos,
Fazendo da minha morte, que antes imprevista e sem graça,
Um grande passo para a satisfação.
Vou cavando aos poucos meu próprio tumulo
Sem culpa, sem pena
Tapando os ouvindo para sua antiga reclamação
Na qual pede piedade
Sendo que os próprios covardes da minha vida
Tentaram me matar com a saudade descabida
De um amor transformado em ilusão.
Deixe-me viver, deixe-me sentir
Enlouquecer ao máximo
Viver ao máximo
Morrer sem arrependimentos.
Não esperava que me entendesse
Nunca foi uma exigência
Apenas uma necessidade pra minha sobrevivência.
Te amar
Olhar para sua foto, te odiar
Lembrar de um sorriso seu, e passar a amar mais ainda.
A minha solidão é mais solitária de as que outros
A minha noite é mais escura que a própria escuridão
eu, eu, eu
Minha, minha, minha
Meu egoísmo, tornou meu olhar defeituoso
Não sei falar de outra coisa se não a dor que tanto prezo
Por que é isso que me mantem viva
É a deficiência que me torna única
São meus erros que me fazem ser eu mesma e mais ninguém
Eu sempre prezarei por eles, amém.

Eu não sou comum como eu deveria ser
A normalidade fugiu de mim
Hoje eu quero apenas viver.

Entre eu e você só poderá haver amor.
Não dúvidas, não acasos, não tristezas Apenas amor.  Todo amor que eu tenho, apenas teu Por mérito próprio. Pois fostes o único que quis roubar meu coração E eu lhe dei sem questionar antes de qualquer coisa.
Não nasci pra ser censurada
Acreditar nas verdades que me contam
Ou seguir um padrão da sociedade.
Eu sobrevivi para fazer minhas escolhas
Ser quem eu sempre desejei
Ser eu e apenas eu
Estranho é aquilo de que eu ainda não duvidei.
Não.
Não aguento mais ouvir teu nome
Ler teu nome
Sentir teu nome
Em qualquer objeto que toque Desde o cigarro que inutilmente trago
O vinho que suntuosamente tento engolir
Aos papéis em que agora me debruço.
Eu não agüento mais. Não suporto o peso
Do que poderia ter sido diferente
Muito menos o fato
De não me importarem mais todos os odores, as vidas, e as bocas do mundo
Já que o meu mundo se fez em você Como dormir?
Se acordado trago a única certeza de lhe ver
Fecho os olhos e há cerca de dois palmos
Eternas milhas de minha vida,
Aí está você Por que dormir?
Se nem aos sonhos me restaram suas unhas em minha pele
E se a última lembrança que tenho
São os felizes e dilacerantes sons do nosso amor materializado.
Não.
Eu nunca mais quero dormir. E,
Caso falhe nessa,
Mais uma de minhas insólitas promessas,
Me acorde. Por favor, me acorde.
Sempre com seus sonolentos lábios sobre minhas costas Mesmo que então
Eu nunca mais queira acordar. - Ian Viana

Mais além

Imagem
(...) O som da solidão soprou em minha porta
Eu perdi meu chão e o que eu mais amava


Onde está a minha fé e o que ela me dava?
Sem perder a razão ela me transformava.
Não sou capaz de tudo compreender
Mas sinto que preciso achar Você

(...) E o medo me tomou sem pedir licença
Um vazio então ficou sem sua presença
E a água que eu buscava da minha sede eterna
Eu não sei bem a razão faltou ao meu coração

(...) Sem perceber eu me perdi de mim
Eu sei que eu deixei pra trás o que me equilibrava
A vida é tão curta e eu não via assim
Prefiro me arriscar do nunca me encontrar

Voar pra muito mais além
Do que consigo acreditar, do que posso perceber
Eu vou voar, pra muito mais além
Do que consigo enxergar, do que eu posso entender
Vou voar pra muito mais além
Porque preciso encontrar a paz que existe atrás do Seu olhar
Ainda irei te reencontrar
Eu sei, eu sinto
Independente da situação
Independente do dia
Eu irei rever-te
Abraçar-te
Adorar-te
E então renovaremos promessas
Cumpriremos outras
E enfim, completos.
Por que o meu desejo, eu sei, é o seu desejo
Por que o meu amor, é seu
Assim como o seu é o meu
Eu sei, eu sinto.
Sentimos.
Um amor tão cheio de culpa
Tão cheio de saudades
Tão cheio de promessas
Que transborda desejos
Que transborda vontades
Um amor tão cheio
E dois corpos tão vazios.
Quanta falta faz
Te perder, não rever
Sua ausência tira minha paz.
Um amor, e que amor...
Que ainda não acabou.
Aquele remorso estranho
Aquela raiva inexplicável...
Um amor tão cheio de culpa
Um amor ... e que amor!
"Procurando todos os meus dias só pra te encontrar
Não tenho certeza de quem eu procuro
Eu vou saber
Quando eu te ver
Até então, vou me esconder no meu quarto
Ficando acordado a noite toda só pra escrever
Uma canção de amor pra ninguém"

John Mayer
Eu nunca fui o suficiente
Nunca estarei contente com meus resultados Não posso ser limitado Estou em busca do melhor Mas ás vezes tudo parece ser igual... Eu sei que nunca estarei contente com meus resultados Porém, sigo sorrindo, sigo calado Por que não é de cabeça baixa que irei vencer No meio de tantos troféus, não é assim que irei sobreviver.
Se você pudesse entender quado eu digo que dói te ver crescer
Se afastar, te perder.
Quando a noite cai e tudo que se pode recordar são coisas que jamais voltarão
Eu já nem sei se vale a pena tentar
Se vale a pena insistir
Estou gritando por dentro
Fervendo a níveis incalculáveis
Pronto pra explodir
Pronto pra voltar a amar.
Quem dera eu pudesse voltar em tudo
Refazer os pontos baixos
Mas se eu voltasse
Talvez fizesse da mesma forma
Por que no final
Foram nossos caminhos tortos que nos cruzaram.
Eu só estou dizendo que estou fervendo
Mas por dentro estou fria
Há uma solidão em mim
Estou tentando dizer que meus gritos me sufocam
Mas eu sou o silêncio
Eu sou o que tento ser
O que há em mim
O que não consigo descrever
Por que não há uma só de mim
Há pessoas que têm sentimentos
São pessoas... E são eu
A paz, a fúria
E ambas precisam de você.
"Tudo tem um começo e o fim
Eu vejo a dor em seu olhar
E mesmo sem querer eu te deixo partir
Pra que possa tentar ser feliz outra vez.
Recomeçar."

Banda Malta
Por que você tinha que partir antes que eu pudesse dizer que te amo?
Chegou um tempo que não pude mais suportar...
Te ver indo sem saber quando voltaria.
Banhado de mistérios,
Fez com que tudo tivesse fim
Tirando assim
A melhor parte de mim.
Sabendo que hoje não há mais nenhum valor
Me encho de nostalgia
Tentando curar a dor que você deixou
Ao voar pra longe
Esquecendo de todo amor.

Life in my house

Dessa vez tudo que eu não quero é você
Feridas que não cicatrizaram
Ainda doem ao relembrar o que vivemos
Dessa vez tudo o que eu quero é que você vá pra sempre
Não há mais nada que você possa fazer por esse amor
Que você mesmo enterrou

Eu acreditei
Eu simplesmente acreditei
E você me jogou barranco á baixo

Me leve embora
Me leve embora
Se eu posso ainda pedir algo
Apenas me leve embora

Eu tentei,
Não há quem possa negar
Eu tentei,
Mas você tomou tudo de bom que eu tinha

Eu acreditei
Eu simplesmente acreditei
E você me jogou barranco á baixo

Me leve embora
Me leve embora
Se eu posso ainda pedir algo
Apenas me leve embora

Arraste-me para longe dessas memórias
Arranque essa dor que ficou
A culpa é sua
Jogada tantas vezes no chão
Hoje eu só quero me erguer
e sair andando

Pela primeira vez, tudo que eu não quero é você
Me afastar de toda dor lentamente
Matando toda lembrança vagamente
É possível

Eu acreditei
Eu simplesmente acreditei
Mas eu não posso deixar isso se repetir

Então se eu ain…

Jacira

Era pra ser apenas mais um dia comum
Eu acordei, e já era tarde. Comum
Tomei banho, penteei meus longos cabelos
Que já não são tão longos assim
E passei uma maquiagem com as cores
referente ao meu país. Quase comum.
Pra não chegar atrasada, peguei a bandeira
ao lado da cama, como costumava ficar
e fui correndo para o ponto de encontro
Para que não pudesse perder o canto do hino!
Cheguei, adentrei á casa, e sentei no chão.
Memóravel visão, da qual não me felicita relembrar.
Os jogadores entraram em campo
E antes da partida, cantaram orgulhosamente o hino até o final.
Meus olhos brilhavam.
A última vez que meu sorriso apareceu naquele 8 de Julho de 2014.
"E COMEÇA O JOGO..." narrou Galvão Bueno
Em poucos minutos, o primeiro gol
Parece besteira, mas aquela sensação de "Agora pode dar merda"
me veio á cabeça.
E enquanto a torcida falava da péssima marcação, incrivelmente comum
dois, três, quarto... Meu Senhor... JÁ É O QUINTO GOL
Meus olhos já não aguentavam mais
Era h…
"Eu vivo da arte pra não morrer de verdade."
Imagem
Não sei se cada passo que dou estou mais perto ou mais longe de você
Te buscando em toda esquina
Procurando em cada olhar
Me atrevo a dizer que sobrevivo na esperança de rever-te.
Hoje é você minha felicidade
Hoje é você minha discordia
Hoje é você,  amanhã será você
Será você sempre que existir o amanhecer.
Um tipo único de sorriso
Um olhar sincero
Um abraço apertado e confortável
Um clichê que faz falta.
Não sabia como por fim na chuva de verão
Já era Outono e tudo permanecia da mesma forma
A forma de tristeza que aparentava felicidade
mas que por trás do espelho da verdade
era possível ver alguém em seus olhos
alguém distante
alguém inalcançável
Mas na dor já era possível viver
ficou confortável para se manter.
Porém logo chegará  novamente o verão
para rever aquele sorriso único
e o corpo em suas mãos.
Eu disse que não iria eternizar
mas aquele olhar...
Já é hora de voltar pra casa
Voltar a vida
Ver o sol nascer
E te abraçar para que eu consiga sorrir e sair na chuvs que destino me proporcionou sem me molhar.
"Tentou mudar mas sabia apenas ser ela. Á 18 anos, apenas Flavia, apenas Ana. Ana Flavia já era demais."


Sorry.
"Refletiu nos meus olhos, adeus, solidão
Duas histórias que se cruzam sem intenção
Combustível pra alma, minha inspiração
Povoando minha existência e imaginação"

Maneva
Apesar do amor pelo barulho, sou amante do silencio
E mesmo com o amor pelo dias de sol,
não há nada que me cative mais que o luar da madrugada.
O samba, o jazz, o rock, o pop
As cores, as pessoas, os gostos e desgosto
Eu sou paz, sou fúria, sou quente e fria. Quero sumir e aparecer
Eu sou um pouco de tudo. Um pouco do mundo. Eu vim pra viver.
É como se eu não pudesse parar de pensar mais nele
O sol nasce, o sol se põe
E meu pensamento continua ali
Naquele sorriso.
Como se fosse algo inevitável
Meu corpo se corrói aos poucos
Com vontade de tocá-lo
Com vontade de te-lo para mim
Para que seja meu
Nem que seja apenas por uma noite
Pois a eternidade se faz em mim..
Feito um terremoto
Meu corpo treme ao pensar em nós dois
Feito a chuva de verão
Caiu uma lágrima  pensando em você
Mas foi breve
Assim como você é pra mim:
Um sentimento lindo
Que vem com força
Que vem com frequência
Porém, veloz para que eu não enjoe do teu doce.
Eu tento escrever sobre,  mas parece tão difícil,  pois não há nada a se falar,  se não na vontade de agarra-lo e desaparecer por aí.
Em meio a tudo que se parece perdido,  ele é o caminho que me encontro.
Perdida pela noite
Ele é a única pessoa que desperta meu desejo. É a única pessoa que me deixa sem dormir.
Onde isso vai dar, 
Se algo vai rolar, ou quando acontecerá,  não sei
Mas enquanto isso, a esperança me mantém de pé
E a paciência que me leva a crer que um dia terei você.
Imagem

Botânico Japonês

Quando tudo é nada
E eu me perco no caminho sem você
Quando faz falta te ver
E a saudade não acaba.
Já não há saída para nossas vidas entrelaçadas
Mas seu destino insiste em fugir do meu
Um dia eu te encontro por aí
Em um belo jardim
E ficaremos coladinhos assim
Como se nunca tivéssemos nos separado.
Como tudo deveria ser.
"O que eu achava lindo
Não vive dentro de você mais.
O que isso significa pra mim
É mais do que eu sei que você acredita
O que eu pensei que voce era agora
Custou mais do que deveria para mim
O que eu pensei que era verdade antes
Foram mentiras que eu não podia ver
O que eu achava lindo
São só memórias..."GNR - Street of dreams

Tears and Rain

Imagem
"Como eu gostaria de poder render minha alma
Tirar as roupas que se tornaram minha pele;
Ver o mentiroso que queima dentro da minha vontade
Como eu gostaria de ter escolhido a escuridão ao invés do frio
Como eu gostaria de ter gritado alto,
Ao invés disso, eu não encontrei nenhum significado.

Eu acho que é hora de correr para longe; achar conforto na dor,
Todo o prazer é o mesmo: ele só me afasta do problema.
Esconde minha verdadeira forma, como Dorian Gray.
Eu ouvi o que eles dizem, mas eu não estou aqui para criar problema.
São mais que apenas palavras: são apenas lágrimas e chuva.

Como eu gostaria de poder passar pelas portas da minha mente;
Guardar a lembrança bem perto,
Me ajudar a entender os anos.
Como eu gostaria de poder escolher entre o Céu e o Inferno.
Como eu gostaria de poder salvar minha alma.
Eu estou gelado de medo.(...)"

Street Peace

A angústia preencheu tudo aquilo que a paz deveria ocupar.
Aquele cara a conhecia
Sabia apenas que estava se metendo
Não era coisa simples!
Um novo amor nasceu...
A mente cheia, o coração bagunçado, e em pouco tempo
já não se podia pensar em outra coisa.
Ele sabia que mexia com ela
Provocava com olhares
Provocava com ideias
e depois fugia.
Uma nova dor estava prevista...
Então a tristeza dominou todo o ser daquela garota,
e se fez presente diariamente.
Mas o carinha desconhecia toda história, toda ilusão
Só queria conquistar
Mal podia adivinhar
Que agora morava em um novo coração.
Histeria, ansiedade, preocupação
Tristeza, loucura, desilusão.
Ela continuava agora entre tantos outros meios,
e sua eterna busca pela paz.
E apenas por ela.

Metrô Cruz

A menina estava revoltada
Tinha um sorriso desesperado no rosto
e andava á passos largos
Não sabia o que pensava
Não sabia o que pensar.
O sol queimava ao tocar sua pele
e a noite estava longe de chegar
O único barulho que se ouvia
Era o som das buzinas enquanto ela ia em direção a vida rotineira
Mas tudo a estressava!
Precisava fugir, precisava gritar!
Agarrar-se a realidade do mundo próprio e irreal.
Ela só queria paz
Ela só queria amar e ser amada
Entretanto, esqueceu como se faz isso
Pois não há mais tempo no dia a dia tão corrido.
No fundo, ela só queria paz.
Se você puder me ouvir,  saiba que estou decepcionada contigo
Se você puder me ouvir,  saiba que ainda doí lembrar de ti
Se você puder me ouvir,  saiba que te acho um covarde.
E saiba,  que apesar de tudo, ainda sinto falta de você
Saiba que sinto falta do seu sorriso
Saiba que sinto saudades dos nossos acasos.
Eu sei, você está muito longe pra poder voltar
Eu sei,  que aí é seu lugar
Sabemos que nada mais pode mudar. Nunca mais.
O amor se esvai,  e o amor se foi. O doce ficou amargo O bonito ficou feio O amor... Quem sabe no que se transformou. Ele foi grande parte de mim Motivo de quase todos meus sorrisos Motivação para uma vida melhor Mas o amor se esvai E dessa vez, ele se foi pra sempre.
Eu só quero minha vida de volta
Crescer foi a coisa mais dificil que fiz E perder alguém, mero detalhe. Eu apenas quero minha vida de volta Quando tudo era triste, mas alegre Quando tudo era breve, mas se eternizava em mim. Está sendo complicado relembrar Aquelas fotografias me matam lentamente. Eu só quero minha vida de volta. Meus amigos, minha vida, meu amor O futuro é desconhecido, e meu passado... É para onde eu consigo caminhar.
É onde eu quero estar.
A cada decepção, um trago
A cada trago, um estrago.
E assim vou levando a vida
E assim vou sepultando um pedaço da minha história
Transformando dores em fumaças
Decepção em tragadas.
Tudo parece mais calmo
Bem leve, distraído
A caminho da morte eu vou
Cada vez mais perto, cada vez mais rápido
Amando cada vez mais meu pior inimigo.
É quando você sonha com alguém
Quando você literalmente sonha com alguém
E ela parece que grudou em você
Fixou na memória
Na minha memória
E agora já ficou difícil enganar o coração
Complicou toda situação
Toda situação que eu criei em volta de toda paixão
Por que ele não pode pertencer a mim
Por que a distancia tomou o poder
Por que o amor não venceu.
E quando você sonha com esse alguém
A nostalgia ataca e a dor vem,
O amor reacende, e a lagrima cai.
Quando é apenas no sonho que toda saudade se vai.

Sono, ué

Chegando em casa, com o sol já clareando
Percebo o quanto escuro está aqui dentro de mim. A embriaguez ainda me parece mais lúcida que todo meu amor reprimido Por que tudo mudou e eu não tinha percebido ainda Aqueles sorrisos... São por outros motivos Aqueles histórias... velhas histórias... Já não fazem mais sentido Toda aquela amizade, não passa de um passo sem sombras Saudades ficaram. E apenas elas.
O sono me arrasta pra cama
A garrafa, para o bar
Me chama, e me diz que tudo acabou
Sem querer aceitar, ficou onde estou
Com vontade de chorar, com vontade de gritar
Vendo o tempo passar, todo mundo ir sem se despedir
E eu ficar... E eu ficar só.
Só eu e minha solidão.
Embrigado-me outra vez, na busca de uma alucinante viagem
Em busca de nada. Em busca de ninguém.
O sol já raiou, e o canto dos pássaros me fazem companhia.
O dia despertou, e ainda não descobri porque acabou
Por que nada restou
Por que todos se foram. E nem ele ficou.
Because he was everything to me. And then he was gone.


LOC
"Oh, mais uma vez estava acabando com nossa conexão Haviam 10 palavras à dizer, queria que estivesse bem...
Agora, você disse: Volte
Mas eu cansei, e você continuou à me procurar
Agora é tarde para nos reconectar...
Ou recomeçar. Vivendo longe novamente."


2009
"Me dê razão, mas não me dê escolha, porque eu apenas vou cometer o mesmo erro, de novo."


James Blunt
Palavras... Apenas.
I can not overcome. You still part of me.


1 year ago.

Egoux

É um tipo de ódio sim
Meu egoísmo quer tudo que é meu
Para sempre e além.
É um tipo de amargura
Que só faz mal a mim
Estou consciente do erro
Mas também do meu amor
E se for pra morrer, que seja com meus gostos e desgostos.
Meus e meus.
Sempre meus.
Mas meu amor é impuro, baby
É breve, descarado e selvagem
Só não é covarde
Só não é leviano
just different from you.
É o que me faz pensar que estamos seguindo o mesmo rumo, em caminhos diferentes
A mesma história, as mesmas ideias, o mesmo e único amor.
Estranho seria se tudo tivesse acabado assim.
Confiança é o que me resta
O amor e a nossa promessa
Eu sei que o sol irá brilhar para nós
Eu sei que ainda irei escutar novamente sua voz
Eu sei, eu sinto, não esquecemos.
Estranho seria se tudo tivesse um fim.
Estranho seria você longe de mim.
"Questões da ciência, ciência e progresso, não falam tão alto quanto meu coração."


Coldplay
Ás vezes eu não quero música pra dormir
Quero apenas o silêncio da noite e dos meus pensamentos.
No entanto,  são os únicos que não se calam
"Ninguém escuta mais o pedido de socorro. Uma ajuda sequer... Alguém conselheiro, alguém amoroso. Taparam as bocas, fecharam os olhos, e se perderam no mundo escuro, que me não me faz enxergar nada além dos meus medos. Trancaram-me no calabouço de ideias adultas. Trancaram as portas do meu coração. Não sei mais amar... Eu só sei gritar, e eu peço por socorro. Eu clamo por perdão... Perdi minhas raízes, e me perdi no mundão, que só me maltrata, e mal me quer. Vomita pra fora, todas minhas palavras e esculhamba meus sonhos, afim de que eu me perca na  escuridão. Não, não... Eu só preciso de alguém pra me salvar."

Diff das idades.

Como se fosse fácil crescer
Ter que largar os velhos costumes
Largas as velhas manias
Os variados gostos e amores
Deixar pra trás tudo que costumava fazer bem.
Como se fosse fácil assumir novas responsabilidades
E não poder dizer não ou fugir correndo de todas elas.
Não ter o tempo livre
O coração aberto
A mente vazia
Ainda sou a garota que chora com musicais
High School Musical e Camp Rock tocam meu peito
Chora ao ver fotos antigas E não sabe lidar com isso Mas sabe entender um texto jornalistico como ninguém. Prioridades foram invertidas E alguns sonhos ficaram pra trás ou foram adiados Agora é preciso manter a pose Descer do salto só me fará cair Ilusões marcaram E é uma dor que eu ainda gosto de lembrar Por que tudo que me lembra meu antigo eu É um lugar que eu não consegui deixar. Perdi toda minha inocência Meu jeito meigo de ser E ás vezes, me perder por aí tem sido a melhor saída Mas sinto falta de ter um aconchego Um abraço apertado Uma casa pra vistar nas tardes livres Um Eu …
Cada gesto
Cada olhar
Cada pedaço de você
Eu guardo comigo.
Cada momento
Cada palavra
Cada nota musical
Levarei para sempre.
Porque assim te tenho comigo
Até o cigarro fazer bem
A pinga não embebedar
Até o sol demorar a eternidade pra se pôr.
Mais frequento os lugares cheios,  mais vazia me sinto, e mais falta você faz.
Vejo teu rosto em todas pessoas,  em todos lugares. 
Teus cachos em outros cabelos,  teu perfume em outro homem.
Cada vez mais,  sinto raiva de mim
Cada vez menos,  tenho amor próprio.
Tomastes toda minha vida
E eu doei a mim,  a promessa que te fiz,  sem que soubesse
Para que se voltasse,  fosse por amor.
"Percebe que me perdi em você?
Percebe que nunca mais pude te ver?
Não sabes, mas mesmo assim te vejo todos os dias em minha vida.
Como alguém que me faz sorrir
Como alguém que me motiva a ser melhor.
Percebe o quanto eu me apaixonei?
Percebe o quanto eu quero te reencontrar?
Naquelas tardes, cantando sem parar
Embriagados, loucos, adoidados
Um pouco de fumaça, ou uma corrida, tanto faz
Percebe o quanto você faz falta?
Percebe o quanto me roubou a paz?
Percebi, entristeci, e ao mesmo tempo sorri...
Lembrei do teu olhar encantador
E voltei a respirar.
Percebe o quanto fiquei louca?
Voltei a amar."
"Se vissem minha tristeza ao escrever cada letra de cada poesia, chorariam junto comigo, as lembranças malditas, os amores mal resolvidos, e se embriagariam até o amanhecer, afim de curar todas as dores no raiar do sol, mesmo que a preço de lágrimas."
"Tristeza faz (P)arte."


Autor: não lembro
"A nostalgia vem pra matar mesmo. Se fosse pra alegrar, o tempo voltava rapidamente, assim como meus desejos ardentes vem em noites de frio e solidão."
"Não é que a perfeição seja ruim. Ao contrário, é ótima. Mas a graça está mesmo na imperfeição, no erro de cada dia, e no abraço que vem a seguir, pra reconciliar."
"Se pela força da distância, tu te ausentas , pelo poder que há na saudade, voltarás"

Pe Fábio de Melo
Imagem
"A vida é mais que um mero poema, ela é real."

Rosa de Saron
Te encontrei, sorri, felicitei.
Cantamos a nossa trilha sonora Enquanto eu apreciava teus olhos. Embriagados, viajamos juntos, sentados em frente a uma mesa A noite fora longa A manhã muito mais. Sonhei com teu sorriso. Feliz eu fui! Feliz eu sou! Feliz eu não era... Pois agora tenho você Ilusão amarga que adoça minha vida Te encontrar me fará sorrir Me fará  mais feliz! Enlouqueceremos juntos mais uma vez Infinitas vezes Até que o açúcar se dissolva.
"Eu não sei fazer poesia
Mas que se foda
Eu odeio gente chique
Eu não uso sapato
Mas que se foda..."

CBJR
"Eu procurei em outros corpos encontrar você
Eu procurei um bom motivo pra não, pra não falar
Procurei me manter afastado
Mas você me conhece eu faço tudo errado, tudo errado..."

CBJR.
Largou o mundo pra viver isolado numa prisão de ideias falsas.
Largou a vida que gostaria pra viver uma missão com um parceiro falso.
Largou a própria história
Desonrou a própria quebrada
Agora vive no mundo tampado, tapado, cego e aprisionado
Perdeu o valor conquistado
Perdeu o amor tanto amado.
Esqueceu como viver na Terra
Esqueceu como é sentir prazer
Agora vive como bom moço. Agora vive infeliz, aleijado
Torturado pela própria mente.
Platão que me livre, de ser como essa gente.
Eu tenho mil planos para o nosso futuro
Comecei a largar do meus vícios
Estou me transformando em uma boa moça
Para que possamos viver em paz
Estou tentando mudar apenas por você
Estou escrevendo pra você
Que eu ainda nem conheço
Mas está em algum lugar do mundo a minha espera.
Eu nunca saberei a resposta, se era ou não um desejo, se era ou não um querer, uma futura ação, interrompida por outrem. Eu nunca saberei, se você queria alguém. E se esse alguém era eu.
Acreditam na palavra como verdade
Acreditam na palavra como amor.
Ilusão e desejo é o que preenche
Todas aquelas poesias.
Vinho e o luar é a inspiração.
De um coração com sonhos mil.
Acreditam na beleza
E na sutileza de uma mentira gentil.
Como se não bastasse toda luta pra me reconstruir,
veio você e me fez decompor toda construção levantada por anos.
Como se não bastasse, agora penso em alguém além de eu mesma.
Como se não bastasse te amar, será preciso quebrar todo meu orgulho.
Será preciso dividir meu espaço
Meus sonhos
Minha vida
Meus olhares além do horizonte onde me escondi.
Como se não bastasse, precisarei derrubar todos meus muros por você
Sem saber o que irei encontrar
Como se não bastasse toda experiencia, voltei a amar.

Nossos olhares se cruzaram, e lá encontraram um caminho único que os olhos não enxergam devidos ás vendas de uma vida amargurada de histórias passadas.
E a sintonia de nossas vozes pareciam uma bela melodia, que ecoaram e depois sumiram junto ao pôr-do-sol, mas não trouxeram estrelas para iluminar minha vida.
Temos os mesmos sonhos, as mesmos ideias.
O mesmo querer, o mesmo sorriso
E caminhando separados em uma única direção.
Quem sabe eu possa  te encontrar na estrada da felicidade, em um futuro distante, onde só exista eu e você.
Quem sabe, eu possa encontrar o nossos lugar ao sol.
Quem sabe? Ninguém.
Quem espera? Um lugar vazio.
Um lugar á tua espera.
Não gira em torno de você
Nada gira.
Rodopiou tanto no mundo de ilusões
Que se perdeu, e não sabe se encontrar nunca mais
Por estar presa a um egoísmo infinito.
A vida não é um bambolê,
você corre atrás de tudo como um jogador de futebol corre atrás da bola
A vida não é moleza
Se quer tudo na mão, acabará se perdendo entre o inferno e o chão
Sendo impossível de ser salva de si mesmo.