Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Ferrer, Ferreiro, Ferreira, há 7 anos.

Pensei em te escrever naquele caderno que é só nosso
Mas estou feliz. Felicidade não é motivo para escrever.
Se bem, que algo falta dentro de mim
E foi o que me deu forças para digitar tudo isso.
Olha, fazem 7 anos que somos amigas
E isso se aprofundou sempre mais
Digo, até pouco tempo
Quando começamos a nos afastar.
Como eu costumo dizer,
Se tu não fosse mulher
Seria meu marido
E eu vejo nosso relacionamento assim
Sei lá, quem sabe, tenha enjoado da minha cara
dos meus papos, da minha companhia
E decidiu partir para o novo.
Vejo algo se findando
E não é apenas isso
A escola também.
Ahhhh, a escola...
Posto de memória lindas nossas
E algumas das piores
Enfim, essa etapa praticamente JÁ ERA
E depois dali, quem sabe o que será de nós?
Eu sempre soube que um dia nos afastaríamos
Nunca fui daquelas que acreditam no eterno
Sabia que mudaria de casa, de personalidade
Sabia, eu sempre soube.
Mas por increça que parível
O que te fez afastar de mim
Não foi isso
E tampouco sei o que aconteceu.
" "Desculpa." Mas se você quiser alguém pra amar ainda Hoje não vai dar Não vou estar Te indico alguém Mas fica um pouco mais Que tal mais um café? Ainda lembra disso?"
Cícero Açúcar ou adoçante

Desordem

Não teve como fugir
O final chegou.
Quem poderá mudar?
Aquele sorriso
Último toque.
Quem me trará a paz de volta?
Sempre gostei do impossível
Mas nunca fui boa com despedidas
E eu sabia desse defeito.
Foi por conta e risco...
E agora?
Quem me trará a paz?
Quem será meu novo mestre?
Já sinto saudades.
Pra provar que não sou tão egocêntrica como você diz, eu te desejo toda felicidade do mundo, desde que você esteja comigo. 

(achei no face, e nunca mais)

RW Jhon

A raiva e a obsessão em cegaram para a vida.
As pedras machucaram-me tanto,
Que eu não tinha mais forças pra lutar
E o que saia da minha boca não profetizava como antes.
Na verdade, nas minhas falas, era puro rancor e sofrimento.
Então veio pra mim
Flechas com sangue amigo
Pensava: És o meu castigo
Por brincar de amar
És meu castigo
Por ser quem sou.
Pecador, sem controle.
Atendia aos telefonemas do vicio
Embriagando-me de remédios
Para esquecer da vida miserável que tinha.
No fundo, uma voz me chamava.
Era meu anjo!
Mas ele estava morto.
Então quem poderia ser?
Deus?
Eu era sua filha, mas bastava?
Não adiantava mais clamor por misericórdia
Minha vontade não existia.
No fundo, me disseram:
Não desista de amar.
Se descobriu a saída da morte, corra
Corra o mais rápido que puder.
Faça valer a pena o sangue na Cruz
Faça valer toda sua história
Todo teu sofrimento.
Suas esperanças destruídas
Suas ilusões malditas
Faça valer a pena, faça tua história bem escrita.
Reveja. Repense.
Reviva o a…
Olhe bem do que ela está se alimentando. Memórias e platonismo. Ela precisa de mais! E não consegue fugir de si mesma... Presta atenção, guria. A vida não é moleza! Presta atenção, guria. Ponha as cartas sobre a mesa. Relaxe e deixe ser... Deixe de ser essa pessoa que corta a si própria todos os dias. Olhe bem o que está no seu prato. Relaxe! Dezembro vem aí, e você começará uma nova etapa na sua vida. Não leve migalhas, não leve misérias. Seja feliz! Ainda dá tempo, mas por favor, não se perfure outra vez. Seja firme! Seja forte! Seja quem você nunca foi: Feliz. Ainda dá tempo.
Imagem
Pensar demais te faz chorar. Pensar te faz sofrer. Pensar te faz sentir arrependimento. Pensar, só pensar, nunca trás coisas boas. Pensar é um ato fraco por si só. Pensar, pensar e pensar... Pensar te faz imaginar o lado irreal Só isso. Pensar... e pensando bem Acho que caiu uma lágrima novamente por você, meu bem.
"Espero que o tempo passe
Espero que a semana acabe
Pra que eu possa te ver de novo.
Espero que o tempo voe
Para que você retorne
Pra que eu possa te abraçar..."

Nando Reis

Uma carta á você!

Hei querido, eu estou de volta, pois eu queria te dizer, que ainda sinto muito sua falta. Você mentiu pra mim, e nossa relação já não era das melhores. Você está bem? Como anda seu melhor amigo? Tenho me sentido só, tenho perdido a cabeça, feito coisas pelo puro prazer de viver e errar, mas eu sinto sua falta. Falta daquele tempo, que éramos amigos! Que eu te via todos os dias. Pensou que eu esqueceria, não é? O tempo provou ao contrário, a cada vez te sinto mais em mim. Tenho andado por aí, encontrei uma pessoa que me faz ver você no rosto dela. Olha, foi incrível! As vezes penso que estou passando por coisas que você já passou, mas esse fato foi único... Ah se eu pudesse, te contaria toda essa história. Quase me matei no dia, mas encontrei uma nova terapia. Sabe? Quebrar as coisas. Mamãe vai me chamar de louca se descobrir, mas eu precisava... Eu preciso. Da mesma forma que eu preciso de você. Espero que esteja bem, espero que essa minha nova amizade não me lembre apenas de você... …
Como eu vou poder ficar quieta?
Ódio tem me consumido.
Você me negou!
Desejo de vingança me possuindo
E o prazer toma de conta
Merece cada esperança perdida
em forma de gotículas de sangue
Pouco a pouco, até não restar nada de ti
Beijarei teu corpo
Querendo te possuir
Chorarei mil noites por sentir pela última vez
Teu calor em meus braços
Teus cachos, teus olhos
Ficarão marcados.
Mudanças acontecendo
Preciso vingar-me toda ilusão
Toda vontade
Tudo que me restou de você.
Transformando em raiva toda dor ou angústia
Em gritos, sorrisos, lágrimas...
Aquilo têm atacado novamente
E eu preciso me libertar
Assustei quem eu mais amava
Por mera falta do que fazer
Porem, mesmo eu sabendo que faz mal
Eu nunca vou querer me afastar
E quando eu sangrar novamente
Serei feliz
em ter teu DNA preso á mim.
Encontrei ele em outro sorriso, em outra história, em outro ser.
E isso tem me atormentado intensamente.
Quero gritar, quero gritar cada vez mais.
Não creio que eu fiz isso.
Pego a cartela do rivotril, e desce dois de cada vez.
Dormir! Adormecer pra não pensar naquilo que me aflige.
A loucura bateu a minha porta, e eu decidi atender
Fui encontra-lo, sorri, gritei e encontrei quem eu menos deveria.
Motivo da minha angústia e arrependimento
Não sei se irei vê-lo novamente
Não nessas condições
Mas eu anseio, intensamente, pelo seu eu.
Hoje, amanha... Em todos meus dias de condenação.
Respondeu por mim e condenou nossa história.  Por que precisava tanto se afastar? Eu nunca vou querer saber, mas no estado em que me encontro, acho difícil ficar pior. Você se foi e me deixou apodrecer. Parte, foi escolha minha. Mas meu amor nunca se foi. Não te quero em meu braços, um ombro amigo seria o suficiente, pois agora é tarde demais. Mas  porque apagar o que um dia foi lindo? Pra prosseguir a vida? Fraco. Não suporta tuas páginas. Hoje não quero saber mais dos teus segredos, um sorriso bastaria. Porém, tudo se foi. E com o tempo, você também. Te encontro nas ruas dos destino, caso nossas escolhas nos permita.
Imagem
"Eu respiro tentando encher os pulmões de vida, mas ainda é difícil deixar qualquer luz entrar...
Ainda sinto por dentro toda dor dessa ferida, mas o pior é pensar que isso um dia vai cicatrizar...
Eu queria manter cada corte em carne viva a minha dor, em eterna exposição.
E sair nos jornais, e na televisão. Só pra te enlouquecer, até você me pedir perdão...


Eu já ouvi 50 receitas Pra te esquecer Que só me lembram  Que nada vai resolver Porque tudo Tudo me traz você E eu já não tenho Pra onde correr...
O que me dá raiva, não é que você fez de errado
Nem seus muitos defeitos, nem você ter me deixado
Nem seu jeito fútil de falar da vida alheia
Nem o que eu não vivi aprisionado em sua têia...

O que me dá raiva, são as flores e os dias de sol.
São os seus beijos, e o que eu tinha sonhado pra nós...
São seus olhos e mãos, e seu abraço protetor
É o que vai me faltar. O que fazer do meu amor?...