Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

#confissõesdamadrugada2

Admito também, seria mais fácil ser normal.
Ter amigos normais, um namoro comum, um emprego como outro da minha idade qualquer, o desejo de cursar uma faculdade boa, por ser uma menina disciplinada... Uma saúde estável.. .Sem doenças pro resto da vida. Sem pensamentos constantes, sem pensar em querer decifrar o mundo...
Algumas surpresas, ou apenas nenhuma. Uma vida qualquer. Uma vida ignorante. Uma vida feliz!
Mas sou atraída pelo novo, pelo estranho, obscuro, misterioso.
Pelo novo, incomum, pelo que me surpreende. Pelo que amo!
O que sou? Não entendi essa ainda.
Não sei bem o que quero, mas sei que persisto.
Só queria te ver sorrir. Eu posso tentar novamente.
Sem alguns está difícil
mas a vida costuma mudar. Estou tendo que aceitar
Sem você... O que eu preciso é do que me faz bem!
Deixar esse antissocialismo pra lá. Deixar de amar.
De lutar, de viver, para ter um BEM ESTAR!
Apenas.
É um sonho, eu sei, e é por isso que tem que ser grande, pra valer a pena dedicar uma vida pra torná-lo real.

Claudio Caus

#confissõesdamadrugada

Olha, meu irmão. Eu tenho que admitir: Sem meus remédios tem sido difícil. Pior ainda com eles.
Tenho feito muita merda. Erros e mais erros. Arriscando demais. Não sei como estou viva ainda!
Perdi a motivação de viver á muito tempo... Meus pais e meu novo homem é o que me mantem.
Tentei me suicidar semana passada... Ontem fui perseguida por mim mesma. A vontade de chorar eu contive. Minha bipolaridade não é minha amiga.
Eu cometi AQUELE pecado, e tem ficado na minha cabeça há quase um mês. Será, meu Deus?
Deus, Deus... perdão por te acusar, te abandonar... Quase neguei. Senhor, o que eu fiz?
Eu tenho muito medo. Estou arriscando no vale da escuridão. Mais uma surpresa e declaro meu fim.
Perdi quase todos que amo. O destino... maldito que insiste em querer provar que existe, me tirou tudo. Vida sem graça. Destruindo-me! Preciso de forças!
Por que eu tive que enfrentar meus medos e vontades? Agora meu futuro foi traçado. Uma agonia, irmão... Que agonia! Mal me deixa dormir! Mal me deixa…
(...) Até quando vai continuar vivendo assim Se perdendo a cada vez que tenta se encontrar Talvez não seja o melhor a fazer E eu sei que eu vou me arrepender Mesmo eu sabendo que faz mal Vou continuar mesmo assim... (...)
Alice - Kiara Rocks
Imagem
Quem é você?
Por que eu deveria confiar?
Mal te conheço
E fiquei contaminada.
São tantas  pessoas
Tantas  histórias
Arriscar? Vale?
Não posso viver esperando por algo assim
Infelizmente, milagres não foram feitos pra mim
Não sei se devo
Não sei se posso
Não vou me agarrar.
Ponto. Duas linhas.
Pensava que era mais um perfume bom
Apenas isso
Tolice a minha.
Mas aquela fragrância não me deixou dormir
Nossa conversa foi mais que palavras
E me sinto uma droga sem você
Me sinto ruim por fazer isso.
De qual lado a corda vai arrebentar?
Detesto ter que pensar assim
Renúncia nunca foi meu forte
Mas seus olhos me disseram que é preciso
Enfrentar ou me acomodar?
Te esquecer? Sei lá
To sentindo tudo aqui
Já vi esse filme outra vez
Espero que seja diferente
Você não sai da minha mente
Não me deixa dormir, mas dá o ar que respiro.
Sereno...
Aquilo não vai sair da minha cabeça.
Preciso fazer diferente
Fazer  com que a corda arrebente
Ou que eu saia da tua mente.
Destruindo amizades
Destruindo laços familiares
Entre casais, famílias prontas
Há um filho no meio...
Destruindo a confiança
Usando o calor, o desejo
A saudade, a lembrança
O apego e desapego!
Destruindo tudo a minha volta
Destruindo meu próprio ser.
Eu só queria um amor verdadeiro
E ele fugiu para um casamento sem amor.
Eu só queria meu verdadeiro anjo
Mas ele fugiu de mim
Assim como todo mundo.
Perdi
Perdi tudo que eu tinha
Perdi o que me restava
Mal entendo o que falo
Mal escuto o que dizem.
Eu não sou mais inocente
Não sou pura
E como todos mudam
Isso não da pra mudar.
E como todo pau nasce todo - assim escutei hoje
permanecerei no estrume.
(...)Tem muita gente se acomodando e priorizando outras coisas que não conquistar o mesmo alguém dia após dia. As pessoas querem se redescobrir todo dia, querem reencontrar o prazer da paixão, o susto do coração batendo forte diante de alguém, o sono perdido em sonhos intermináveis e os desejos insaciáveis.(...)

Via - Um virgem.
Houve dois caminhos
E ele escolheu segurar minha mão
Por dentro, uma festa de fogos
Por fora, me contive
Era 11 de Setembro
Não entendo muito bem
Mas era alguma coisa.
Sim, eu sei que era.
Será pelo novo beijo
Pelo antigo?
Ou os de conhecidos?
Senhor, me ajude
Preciso corresponder a minha lealdade e parceria.
Não sei onde isso poderá me levar
Mas espero que eu saia inteira!
Senhor, me ajude
no 11 de Setembro, houve um carinho
Me ajude a lembrar por quem
e onde isso vai parar.

Aparecido

Eu não consigo escrever sobre você.
Sujeito oculto.
O sorriso que mais amo - depois daquele que tem meu coração
O mais gostoso - isso é verdade
E verdadeiro - e isso eu não sei.
Quem me cativa
E está sempre comigo.
Me acompanha... me entende
Aconselha... e é mais que amigo.
Teus beijos, carinho e conversas
Sujeito oculto
É que eu mais gosto.
E tenho medo de partir cedo assim como os outros
Mas é quem eu mais gosto
E está sempre comigo
24 horas por dia
Indo e vindo, aja dinheiro
Paciência e amor.
Prezo teu bem estar
E queria poder voar e te acolher
Garantir um futuro e acabar com teus medos
Sarar tuas feridas, sujeito oculto.
Seu sorriso é meu combustível
Tuas decisões minha alegria - quem sabe, mais nova tristeza
Espero tua resposta ansiosa
Coração bate rápido e mal respiro.
Acho que escrevi sobre você
E ainda não sei se te amo
Mesmo dizendo que vê isso em meus olhos
Após uma tarde alcançando a lua
Vejo você em meus sonhos
Sorrindo, chorando, me largando
E eu com medo de me entregar
T…

Kauz

Fugindo de mim mesma
Até alcançar o colo
Onde possa  desaguar toda minha angústia
Revisar minha mente doente
Apagar o que não se pega
Não cheira, não fede
Só fere.
Voltar a vida!
Voltar ao amor!
Seja eu quem for
Aonde eu disser que esteja
E onde queira estar
Estou tentando apenas me reencontrar.
Hoje doeu mais a solidão
Hoje doeu não ter ninguém
Ou ter alguém somente.
Aprendi tanto
Sorri tanto
E quando caiu o iluminação
Veio junto as lágrimas.
Agonia, quanta agonia
Ansiedade que não passa
Viva que é rápida e sem graça.
Preciso de motivos!
Motivos pra viver!
Minha existência não basta...
Eu só queria amar
E hoje não sinto nada
Fui amputada
e só me resta meu coração.
Socorro, até meus sonhos viraram pesadelos
Todos estão você
E quando acordo, só tenho alguém.
"Você pode dirigir com 16, ir para a guerra aos 18, beber aos 21, e se aposentar aos 65. Mas, qual a idade você tem que ter antes que seu amor seja verdadeiro? Já tive aos montes pessoas que não compensam esquentando a cadeira ao lado do cinema, o banco ao lado do carro e o travesseiro extra da cama. E nem por um minuto senti meu peito aquecido. A gente até engana os outros de que é feliz, mas por dentro a solidão só aumenta. Estar com alguém errado é lembrar em dobro a falta que faz alguém certo.”


remember me

since: dois mil e nove

Imagem
"Dessa vez tudo o que eu quero é você
Não há mais ninguém
Que possa tomar seu lugar
Dessa vez você me queima com seus olhos
Você vê superadas todas as mentiras

Você se livra de tudo isso
Eu já vi tudo isso
E nunca é o suficiente
Isso continua me deixando precisando de você

Leve-me embora
Leve-me embora
Não tenho mais nada a dizer
Apenas me leve embora


Eu tento seguir meu caminho em direção a você
Mas ainda me sinto tão perdido
Não sei o que mais posso fazer

Eu já vi tudo isso
E isso nunca foi o suficiente
Isso continua me deixando precisando de você

(...) Não desista de mim ainda
Não esqueça quem eu sou
Eu sei que ainda não cheguei até lá
Mas não me deixe
Ficar sozinho aqui..."
Hoje eu tive você em meu braços
Revelei meus segredos
Realizei minhas vontades.
Você foi meu por alguns instantes
você me salvou da solidão
Oh vida cruel,
Por que me trás isso apenas como sonho ou ilusão?
Preciso me manter acordada, na espera de um Djavú
Quem saiba eu ainda posso te abraçar.
Assim, você me salvaria.
Sustentando-me de você
Passando fome
Acordando em soluços
Pensamentos constantes...
Eu só quero você...

"Eu venderia minha saudade, Pra comprar o teu sorriso
Ah! o teu sorriso Que guardo comigo Ainda está aqui Ficou intacto, guardado Pra eu olhar antes de dormir
Nehuma distancia faz o meu amor diminuir Nem o medo de perder e de sofrer Por não estar aqui..."
Na Terra do Oz
Nada consegue nos manter afastados
Parece um imã:
Impossível desgrudar de mim.
E o desejo ainda é muito forte.
Por que faço isso?
Eu nem gosto... nunca gostei.
Por que faço isso?
É divertido.
Tentando buscar a felicidade na impureza
Tentando encontrar o errado no certo.
Deu certo!
Não sei as consequências do destino
Mas se vier, que seja com teus olhos.
Sobre a saudades de você:
Eu menti.
Eu mudei,
Eu senti.
Minha reabilitação tem sido cruel
Você está sendo arrancado
E meus remédios estão fazendo efeito.
Não queria que  fosse
Não queria que viesse também.
Queria te ver no brilhar dos fogos em 2014
Queria...
Brilha la luna
Viva la vida.
Seja feliz!
Mudam sim.
Mas eu não escolhi isso.
Nem aceitei
A vida impôs!
Eu te queria aqui
Como costumava ser
Como o amigo que era...
Não é pedir muito
Sei que é costume ser assim pra você
Em partes, pra mim também
Mas eu não escolhi isso.
Por que devo aceitar?
Te perdi pro destino
E me perdi no futuro.
Saudades, muitas saudades de você.

Foi aí que eu relembrei de minhas histórias
Dos casos e acasos que tive Das inspirações que me marcaram e dos amores também. Fora tão poético, tão meigo, tão amargo Paradoxal no mínimo.  E hoje não sinto mais nada. Conformei. Nem esperança, nem fé, nem saudade Conformei. Rimas, melodias, fotografias.. Preciso de alguém que precise de mim Que acredite na força da palavra: A minha própria arte. Mas é feitio meu pedir isso Não posso, nem devo Se vier, que seja belo. Oh senhor, eu não sinto mais nada Nem amor, nem saudade, nem esperança Conformei E ainda não cicatrizou.
"Você não vai me salvar?
Salvação é o que eu preciso
Eu apenas quero estar ao seu lado.
Você não vai me salvar?
Eu não quero ficar apenas vagando sem rumo neste mar da vida..."
Hanson

O dia em que perdi o tal anel

Foi tomado, arrancado
Não queria pertencer a mim
Me resta tatuar em minha pele
A saudade do teu sorriso
A beleza de teus olhos...
Perdemos o que nos juntou
Perdi minha aliança contigo
Mas estará em minha mente sempre
Mesmo quando a ferida secar
A marca cicatrizar
Não doer, remexer
no fundo da caixola.
Será sempre meu anjo amigo.