Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013
Imagem
Emoção... É o que me preenche.
Emoções. Razão da depressão.
O que dizer quando tudo está consumado?
Não sou quem pensam que eu sou...
Não sou forte
Não sou madura
Sou uma adolescente cheia de sonhos na verdade.
Que mal sabe controlar o corpo
Que não conhece as verdades do mundo.
Se apaixona por todos
E mesmo sabendo do fim que chega rápido
Se apegada.
Mesmo gritando: Não vale, não vai, não acostume-se.
Acostumo.
Só queria me libertar dessa máscara
Quem sabe, é o único caminho pra evolução
E perda de memória eterna.
"Que amor não senti, é mentir pra mim
E mesmo que seja melhor assim...
Não posso negar que eu quero voltar
Eu sempre quis nunca precisar
Te dizer... Que desde quando você se foi
Me pego pensando em nós dois
E eu não consigo ver onde que eu errei..."

Fresno (again) Desde quando você se foi
Descobri meu lado romântica
Após perder tudo e todos
Meu lado sensível...
O que vale agora?
Ser meiga, educada
Cuidadosa, bonitinha até
Que anda sempre armada
Mas chora noite...
Quantas vezes machuquei alguém
Fiz mal a mim mesma.
Diversas vezes.
Choro demais.
E a realidade é essa:
Eu não sou forte
Eu não sou livre
Eu não te amo...
Mas como eu quero você...
Como eu quero!
"Faz frio em Porto Alegre toda noite
E de longe eu não posso te ver
Então me perco em pensamentos de um passado
Que há muito tempo eu quero esquecer [...]
Só não queria dizer adeus
(É que eu tinha tanto pra contar)
Eu não queria dizer...
Eu volto há tanto tempo e cada vez
Parece que o meu tempo não passou
Eu não encontro nada que me dê motivo
Outra vez pra procurar o que sobrou
Eu vivo condenado e sem saída
De um passado que parece não ter fimVocê não sabe de mim..."
Fresno  Porto Alegre
Ele me fez sentir viva Todos aqueles momentos Eu sei que vou esquecer. Mas foi preciso. Foi bom. É bom. Até não sei quando E o que importa? Todos se vão. Parece que agora o destino existe. Parece que sou condenada A um futuro sem ninguém. Por que minha esperança acabou E ele construiu sua trilha sem mim.
PUTA QUE PARIU Esse foi o primeiro nome que me veio a cabeça
Depois o nome daquele que partiu.
Eu sempre fazendo merda.
Remoendo onde estou começando a curar...
E olha que foi rápido, hein?
Costumes... Abraços!
Ele deveria estar gostando
Mas é só meu ego atacando novamente.
Bah... Que diferença faz?
Parece que a solidão vive em mim


Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama
Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

E que eu seja imortal
Dos braços de quem amei.

Caus

Ficou enjoado
Chato...
Não deixei de amar
Mas descobrir como não fazer isso.
E quem disse que estudar não vale a pena?
Ódio, negação, medo...
Talvez o meu próprio orgulho se chame amor
e falta de confiança, tudo no meu dicionário.
Mas é preciso evoluir.
Te tirar de mim
Parar de falar de você...
Transformar mágoa em motivação
Parar de ser bunda mole.
Exercício também melhora o desamor.
A sua falta praticou o desapego
E meu professor, me ensinou a amar.

True

Éramos únicos
Por que você teve que mudar?
Errei ao contar minha vida a você
E sofri com sua partida.
Quero te encontrar
Mas só você tem meu endereço.
Me perdi só procurando á ti
Droga!
Como você faz falta
E como você faz parte do meu dia a dia
Dos meus poemas...
O mais estranho é que meu amor por você é puro
Te aceito como for, com quem seja
Mas perder meu único amigo,
A melhor parte de mim
Por míseras buscas desgovernadas
É o pior castigo que pude receber.
Não por isso, por que posso sobreviver
Mas pela distância
Onde não posso te tocar
Por que parece que você está feliz sem mim.
Parece que o encontro de nossas almas não são nada...
Nem eu, nem você
Simplesmente nada!
Eu o desejava
Não importava o jeito que ele estava
Ou qual situação estava passando.
Aquele sorriso, andar... Aquele corpo
Aquele corpo me falta o ar!
Mas era proibido...
Pelo menos até entrarmos num acordo.
Qual é teu perfume?
Qual é tua pegada?
Quanto eu daria por esse momento...
Experiencia carnal
E eu sem validez alguma
Ainda sou uma boa moça
Mas perdi a pose.
Liberei o que há de pior
Pra um dia, quem sabe
Reste-me coisas boas.
Boa desculpa, péssimas lembranças.
Eu sou quem eu queria ser
Só não sabia que a vida era tão dura
E que você seria meu ponto fraco.

"Tão cansado que não podia nem dormir Tantos segredos que não pude guardar Eu prometi a mim mesmo que eu não iria chorar Mais uma promessa que eu não pude cumprir. Parece que ninguém pode me ajudar agora Eu estou bem no fundo Não há saída Dessa vez eu realmente me perdi..."


Soul Asylum
Usou meu corpo
Abusou da minha inocência
Se fingiu homem
e era um rato sujo. Podre
Guardou minha pureza numa caixa
E a jogou nos meus ombros
Pra carrega-la por toda a vida.
Contaminada...
Imoralizada...
Estragou minha vida!
Tirou de mim um sonho único
No qual jamais poderei voltar atrás.
Espero que seja feliz
Mas se não for
Que apodreça e vá ao inferno.
Você não é digno de toda paz
Assim como meus futuros parceiros
Não serão os primeiros
Morra.
Queimado, fuzilado, tanto faz.
Mas morra e leve contigo,
Esse vírus que me contaminou
Quando você abusou da vida,
a oportunidade que eu tinha de ser feliz.
Tive uma prévia do sofrimento
E agora posso afirmar que não é fácil.
Se estou viva é por amor!
Amor aos que me amam.
Maldita é a vida que levo
Pois não enxergo o bem em minha volta
Tudo escureceu e eu não faço esforço pra nada,
Mas carrego assim minha dívida com a vida
Sofrerei até o último que permanecer vivo
na terra e tiver dentro de si, parte de mim
Minhas horcruxs.
Motivos para seguir
Já que sozinha, não posso.
Já que esqueceram de quem um dia os amou
E fez de tudo para ver a felicidade voltar
Minha beleza universal. Eterna.
"Eu vos dei a minha vida. Agora ofereço a minha morte. Nada receio. Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na história."
Getúlio Vargas

V de Não aguento mais.

TE ODEIO
SEM RIMAS NEM COMBINAÇÕES
TE ODEIO POR SAIR DE PERTO DE MIM
POR ME DEIXAR MORRER SOZINHA
TE ODEIO
ODEIO A MIM
ODEIO ESSAS LÁGRIMAS
E ODEIO EU SER IDIOTA ASSIM.
ODEIO TER QUE FICAR SÃ
E VER AS BABAQUICES QUE FIZ.
TO DOIDA PRA TE ABRAÇAR
MAS A MORTE VEM ME CHAMAR
ME ACARICIAR, PEDINDO PRA ME RENDER
TE ODEIO
ODEIO, E ODEIO.
PRA SEMPRE!
MALDITO DIA QUE TE VI
QUE TE BEIJEI, QUE SONHEI COM VOCÊ
POR TODA MINHA VIDA.
SEM FINAL OU CONCLUSÃO
TE VEJO EM MEU CAIXÃO.
PÉSSIMA VIDA, MÁ CONDIÇÃO
MINHA EXISTÊNCIA CHEGOU AO FINAL.
” Eu me apaixonei por ela enquanto estávamos juntos, e me apaixonei ainda mais nos anos em que ficamos separados. "

(Querido John).
Imagem
Meu amor, meu homem
Meu exemplo, minha triste vida
É ruim voltar na época que lembro da tua morte
Evito isso todos os dias
E admito que não é tão fácil
Pois cada vez você está mais forte mim
Na minha curta trajetória.
Seus olhos, seus passos....
Queria ter morrido ao seu lado.
Morte, morte, morte, morte..
Morte!
Esse é o fim de todos
Mas por que tão cedo?
Você não mereceu...
Perdão, eu estive cega
Mas hoje sei que você faz falta.
Pego a garrafa, acendo as velas
E lembro de você.
Mais uma vez, de novo, repentinamente
Repetidamente!
Quisera eu puder te encontrar no céu
Mas vivo na certeza, de poder ouvir tua voz
Todo santo dia, em que meus olhos abrirem
E ver seu espaço reservado.
Meu sereno amor. Amo-te.
Nunca gostei de certas músicas
Minha vida estava até de boa
Não tinha nada de interessante, mas eu estava acostumada. Então eu parei para uma informação e te encontrei
Você jamais será meu amor
Mas me faz sentir feliz como ninguém fez
Me abriu os olhos
E me deu forças pra correr quando as esperanças acabaram.
Agora você será meu
Até meu tempo extra e de tédio acabarem
Até quando a graça acabar
Estamos longe do fim
E seu jeans é excitante
Vamos passar a tarde trancados no quarto
Fingindo amor, sentindo prazer
Sendo feliz. É o que importa.




"Amor vagabundo, intenso ou muita pressa Não sei como termina mas sei como começa." Charlie Brown
"Vamos percorrer todo o caminho esta noite Sem remorsos, apenas amor Nós podemos dançar, até morrer Você e eu, seremos jovens para sempre. Você me faz sentir como se eu estivesse vivendo um sonho de adolescente O jeito que você me excita Eu não consigo dormir vamos correr e Nunca olharemos para trás, jamais olharemos para trás!"
Katy Perry
Só devo aproveitar enquanto há tempo Pegar carona nessas férias As últimas e possivelmente as melhores que terei. Beber pra virar a noite Voltar rindo da minha situação Acordar e te ver Puta que pariu, perdi a noção do tempo Hunf, quem se importa? Mãe, já eu chego Ta transito. Deixe-me aproveitar o tempo Por que antes eu estava vegetando Deixe-me fazer as férias da minha vida E quem sabe eu possa descansar em paz.
"Por trás de um homem triste há sempre uma mulher feliz E atrás dessa mulher mil homens, sempre tão gentis
Por isso para o seu bem Ou tire ela da cabeça ou mereça a moça que você tem." Chico Buarque
Eu sou um lixo,
De sentimentos mal resolvidos
De lembranças apodrecidas
De uma verdade inexistente.
Depósito de tristezas
De escolhas e renúncias
Que não foram assinadas por mim.
Lixo inorgânico
Sem reaproveitamento.
Imagem
Parece que ninguém percebe
É uma loucura só
Impossível de ser tratada.
Não escondo, mas ninguém enxerga.
Mas de que serve?
Não ia dar em nada..
Ninguém tem a cura para a maldição humana
Deixei meus contatos celestiais
E caminho em direção á morte.
Venha, não me deixe partir sem te ver.
O dia amanheceu e eu ainda não dormi
Perdi minhas forças
Mas com essa loucura,
Ah, como é bom ser infeliz.
E o último ser morreu:
A esperança.
Como posso viver sem te-la?
Dói de forma cansativa
viver assim.
Me dei conta que isso não sou eu
Que minhas amizades estão erradas
Que o amor sumiu!
Eu até estava me divertindo,
Mas abri os olhos
Lembrei-me da tuas mãos nas minhas
Do teu amor por mim
E da tua vida distante.
Dos sorrisos
Das buscas por livros...
Eu já fui sã.
Não tenho muito lugares para correr.
Tudo anda desandado
Sou errante e culpada
Condenada á uma vida suja
Sem qualquer tipo de coisa boa
Sem qualquer tipo de salvação.
Só não consegui desistir de você ainda...
Não quero largar tudo isso.
Tudo o quê? Tristeza...
Descobri que estou viciada em mim mesma
Na tristeza que vivo
Na doença que não supero.
Parece que não vou aguentar mais
Minhas forças esgotaram
E então eu saio por aí
Fazendo o que não posso
Dizendo o que não devo
Cometendo meus pecados
E tentando ser feliz
Com o proibido.
Quem sabe faz tudo isso valer a pena...
Quem sabe, eu possa ser feliz sem ter o que amo
Sem ter você, aquele e mais outro
Ser feliz sem eu mesma.
O fim está próximo
Me dei conta agora.
Vejo onde não tem
Procuro o que não existe mais.
As dores estão me cegando
Juntamente com as memórias que vem na minha mente
Me lembrando do lixo que vivo e que planto
E eu que ignorava os que eram tão depressivos
Hoje cubro meus pulsos para não pensar besteira.
Quase declarando o fim, eu só tenho um pedido:
Não mate o resta de mim dentro de você...
É o que me faz ser imortal
No mundo que ainda desconheço.
Assumindo minha perdição
Não sei onde posso encontrar pessoas boas
São todas assim, tão má.
Eu vou explodir, mas ninguém acredita.
Assim como bomba nuclear
Mas sem ferir ninguém.
Afinal, quem se importa?
Eu e meus problemas
Eu e minhas consequências.
Eu e meu final.
E quem foi eu que desisti dos meus sonhos,
Escolhi o chuva, enquanto tinha o sol
Escolhi tuas incertezas, se o que eu tinha era amor
Escolhi a chuva com você, ao sol me fazendo companhia.
Andei, corri, pulei e voei
Fiz de tudo para te alcançar Fui a garota mais feliz do parque da rua, da cidade, e quem sabe, a pessoa mais feliz mundo.... Mesmo que por instantes. Semanas... Míseros dia de tua vida. Os mais felizes em toda minha existência na Terra,
Eu tive apenas um mês.
Aproveitei uma semana.
E isso bastou para te amar infinitamente.
Nosso casamento? Foi cancelado
Nosso amor? Pausado no tempo
Nossa aliança? Jogada fora...
E nossos sonhos?
Foram realizados...
Para tua linda mulher
Tua legitima esposa
Que prometeu ama-la e respeita-la
Até que a morte os separe...
Até a morte...
Eternamente.
Assim como meu amor por você.

Webcam

O maior susto do dia, mês. ano...
Eu vi sua foto sorrindo e feliz.. Ao lado dela. E então conversamos Eu parecia feliz...Mas não estava. A saudade junto as suas lembranças me corroíam por dentro Tudo mudou. Seu jeito de falar, de agir O modo como me tratava, o seu sorriso... Tudo consequência do tempo. Você sabia que eu fingia E demonstrava estar feliz na minha frente Mas acho que não estava fingindo. Era sua casa, sua família, seu novo amor Deveria ser eu... Porém, simplesmente não era. Tivemos que interromper nossa história Vai lá entender os motivos... Só que eram muitos sonhos Uma história tão linda... Maldito foi nosso fim.  E eu tenho que aceitar... Você vai entrar naquela igreja, cantar a minha música a ela E o que me resta? A solidão inconsolável de uma adolescente problemática Apaixonada, negada, e triste. Perdida num mundo sem o verdadeiro amor. Mais simples que isso? Sua aliança falsa. Não é de amor.. É de consolação. Covardia. Amo-te. Meu eterno covarde. Dor sem fim,
"Velhos amores custam a morrer Velhas mentiras custam mais ainda a morrer..." Wish I Had An Angel Nightwish
"Uma última música, um último pedido, Um capítulo perfeito sepultado, Agora e depois eu tento encontrar um lugar em minha mente Onde você possa ficar... você possa ficar acordado para sempre."
Avenged Sevenfold So far away
Imagem
Me tratam como despertador pobre e barato:
Giram a corda antes de dormir, para me despertar pela manhã
Fazendo então meu trabalho rotineiro
Vendo o amanhecer do enterro do meu último sonho.
Malditos! Regras..
Ordens. Onde? Justiça?
Vou correr, pichar, cantar, gritar
Correr, beijar..
Mas o degrau impede
Tiraram-me as pernas.
Sou máquina de trabalho
Ansiando por liberdade
Louca pela noite.
Assistindo a minha vida passar
Com um diploma furado,
Os sonhos frustrados,
E a lágrima no chão...
Como uma garota qualquer, simples e sonhadora
que deseja um bom futuro, foi trilhando pelo caminho que tinha no mapa.
O problema é que ela não era uma menina simples.
E tudo que encontrou não estava na legenda:
Uma vida amarga e cruel. Longa que dura o tempo pra fazê-la cair
e se manter viva, apenas pra contar história.
Era uma pobre garota, mas aprendeu.
Com a bolsa na mão, e um salto no pé:
Ergueu-se e lecionou no livro da vida
Até que a morte os separaram.
Enterraram meus sonhos ao lado da minha felicidade
Com promessas de um bom cachê
E tudo que me deixaram foram frustrações
Cicatrizes e o tempo curto para reconstruir o meu castelo.
A minha própria vida.

A pichação on.
Tem dias que eu canso de tudo.
Dos estudos, dos anjos, das pessoas
Do ar, da comida, dos estudos
Das decisões, das roupas, dos estudos, das escolas...
De tudo. Isso, aquilo e aquele outro...
Paz interior. Preciso loucamente de você.
Amor meu..
Descobri que você não existe.
Perdi minhas razões
Me cansei de tudo aquilo.
Encontrei o pior dos homens
Desisti da vida de universitária
E das roupas de grifes
Mas não sei porque
Ou como...
Me sinto a mulher mais feliz do mundo!
Só me preocupo com ele, eles, aqueles...
E eu?
E meu futuro?
Quase tudo está desabando...
Não tem sentido.
Nada tem sentido.
Vida medíocre...
Não quero mais!
Só que não estou pronta..
Quem vai me avisar quando isso acontecer?
Eu quero viver... mas ta difícil.
Droga de vida.
Droga de universidades.
Diplomas vazios, vidas loucas
Quero vocês longe de mim
Sempre mais perto.

Gotye - Somebody that i used to know

Imagem
De vez em quando eu penso em quando estávamos juntos
Como quando você disse que se sentia tão feliz que poderia morrer
Eu disse a mim mesmo que você era certa para mim
Mas me sentia tão sozinho em sua companhia
Mas aquilo era amor e é uma dor que eu ainda me lembro

Você pode ficar viciado a um certo tipo de tristeza
Como uma negação ao fim, sempre o fim
Então, quando descobrimos que não fazíamos sentido
Bem, você disse que ainda seríamos amigos
Mas eu admito que eu estava feliz que tudo tinha acabado

Mas você não precisava me afastar Agir como se nada tivesse acontecido e que o que vivemos juntos não foi nada
E eu nem sequer preciso do seu amor
Mas você me trata como um estranho e isso é tão rude
Não, você não precisava se rebaixar tanto
Mandar seus amigos pegarem seus discos e depois trocar de telefone
E eu acho que não preciso disso, embora
Agora você será apenas alguém que eu conheci
Agora você será apenas alguém que eu conheci
Agora você será apenas alguém que eu conheci

De vez em quan…

Vinhedo

Virei a garrafa.
A dor foi demais.
Gelada, depois ficou quente
Saiu rasgando tudo
Fingindo que curava.
O pranto fica impedido por alguns segundos
A poesia, a música, você...
Descobri que faz mais parte de mim
do que eu mesma.
Em todos os lugares
E eu mal te conheço.
Saio te procurando com um copo na mão
A estrada é meu único caminho
E minha única saída
Mas a razão...
A razão me impede de fazer o que eu sonho
E não há quem me diga pra lutar.
Eu busquei a morte pra te encontrar no céu
E tudo que eu vi foi escuridão
Ainda houve compreensão
Pedidos, clamores
Mas eu quis voar pra te encontrar.
Maldição.
Perdi até a mim.
Quem eu era, pensando em ti
Procurando você em uma esquina qualquer.
Com uma garrafa na mão eu adormeço
Me preparando para mais um dia igual.
Sem nada, ninguém, nem ar.
Apenas dores e nostalgia que não existia há 4 anos e duas vidas atrás.

Acessa

Última vez.
Destrói.
Eu sinto falta de quando havia um amanhã.
O último fechar da porta,
O último abraço coletivo
Discussões, atritos, puro ódio
e muito amor.
Corrói
O meu peito á cheio de cicatrizes
Agora será motivo para lamentar-se
O caminho, a rotina, o cansaço
O meu trabalho...
Motivo de tantos sentimentos
Razão de sofrimentos
Agora acabou.
Em pouco tempo... começou
E lindamente, teve seu fim.

Contagem regressiva... É hora de subir no altar.
Declarar a traição
O falso amor.
Chamas de amor, pó de recordação
Jorrados pelo chão
Agora é o fim.
Aliança no dedo, sonhos destruídos
Futuro infeliz.

rua de mão única, sonhos e solidão

Estava lendo uma carta sua
Sentimentos vieram a tona
Ironia... Eu não gosto mais de você
Mas eu ainda te peço pra me proteger.
Toca o celular, e eu volto a realidade
Onde você não existe
Onde é cruel
No mundo em que eu não existo mais.
Meu anel de compromisso
Quem disse que vale algo...
É uma esperança
Uma devoção
Desejo de poder te reencontrar
E se eu pedisse pra dormir comigo essa noite?
Ao menos fique comigo até o meu adormecer
Vá com a manhã
Mas me deixe as estrelas
Para toda noite me lembrar de você.
Te pedi ajuda... Eu não consigo mais suportar sozinha
Me abrace quando eu ficar louca
Me faça ao menos companhia
Com você, eu sei que o mundo irreal é verdadeiro.
Como palavras não ditas
Sentimentos reprimidos
E um rosto bem maquiado
Fico no aguardo.
Será que um dia você volta?
Será?...