Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

Ela. Aquela. Apenas.

Não importa quantas vezes eu deixei de te chamar de Melhor Amiga, você sempre soube, e eu sabia disso.
Não importa quanto tapas ao invés de abraço eu troquei, se a ida para uma banca de jornal, você faz se tornar numa experiência incrível, tal como passar a tarde na laje da tua casa para ver o pôr do sol, ou falar apenas dos nossos casos amorosos, comendo doces sem medo da balança.
E sempre foi o suficiente.
Nunca brigamos, talvez eu nunca tenha dito que te amo, porém mesmo se o futuro quiser nos separar, meu passado, alegria e coração, ainda será teu!

Bell Ferreira.
"Mas afinal, se cada um enxerga o mundo de um jeito, qual é a forma dele? Ele é formado pela luz. Tudo é luz. Luz e Pixel. Como nas fotografias, somos quadrinhos. Pixels!
Se você tem um namorado, vire para ele e diga: Eu te amo, pixels! Pois não somos nada nesse mundo além disso! Nada.
Tudo é ilusão, pixels e luz. Tudo se resume em amor e ódio. Quem Sou? Quem são? Nada."
É pra você mesmo.
Pra você que sente
Que entende
Que me vê
E ainda sente...
Sente um rebimboco na parafuseta cardial.
Sei lá o que, sei lá como é.
Escrevi pra você.
Todo amor do mundo
Todas palavras que lembro
E minha saudade transformada em esperança
Escrevi para você
Tentando ser simples e bonito
mas sem sucesso.
Tentando mostrar o mais puro,
mas sou eu que escrevo,
Logo, sem sucesso.
Tentando mais una vez achar você
Mais uma vez... sem sucesso.
E com mais saudades.
Longe, perto... Eu sei que você está
O problema é que eu também não me encontro.
Calor, frio, chuva e sol,
Eu te sinto aqui
Mas não sei onde estou
O que faço... Se me perco, te refaço.
Minhas memórias estão morrendo
E você está me matando
A sua missão não é me salvar?
Por todos os lados, te encontro
Te sinto e não te vejo.
Se puder fazer algo, faça.
Diga um oi, fale que está tudo bem.
Me faça acreditar novamente em promessas
e me diga que vai ficar.
Se puder.
Sinto sua falta
Sinto a incapacidade me atacando
A saudade corroendo
Você me rodeando
Eu novamente, quase morrendo
E você não vai me salvar?
Não sei se é essa a questão
Mas se puder fazer algo, faça.
Diga um oi, fale que está tudo bem
E eu voltarei a paz.
O tempo nunca existiu, e nunca vai existir. O agora passa em segundos e o ontem torna-se em momentos. Não horas. O tempo é o limite que criamos, barreira que as vezes não ultrapassamos, o motivo de se machucar 24 horas por dia. 365 dias por ano.

IhateHATEhateHATE

Corro, pulo, o tempo passa tudo passa, e de repente volta. Eu não peço, não nego. Impossível negar. Estava tudo em paz, tudo ok... Mas o tempo passa, e traz com ele, as mágoas do coração. Passa, passa... Tudo passa. As promessas, os momentos.. até as lembranças. Eis a vantagem de ter péssima memória. Eu odeio, simplesmente odeio. Odeio isso. Odeio amar. Odeio casórios. Odeio o que não me faz bem. Odeio tudo que não vai com o tempo. O eterno aqui nunca existiu e você me fez acreditar. Novamente falando sobre você E eu odeio isso. Odeio você. Eu só queria que isso fosse verdade...