Postagens

Mostrando postagens de 2011

Sobre liberdade, esses não sabem a metade.

As vezes me pego pensando como os seres humanos são tão limitados, engraçados,e tão inteligentes assim como descrevem ser. Porém isso não são. Uns dias atrás vi um post falando sobre liberdade, um vida sem regras pra seguir e viver.
"Ta" tudo bem, opinião é pessoal, mas ainda não entendo como esse caso pode ser tão natural. "Votem, trabalhem, andem na linha, não usem drogas, assistam TV, andem na moda, comprem um carro, obedeçam as leis e os policias." Depois estava escrito: Agora repitam: Vivo numa democracia e sou livre.
 Agora me pergunto onde a estupidez humana vai parar, se algo bom eles vão alcançar, pois reclamam das coisas mais fúteis que alguém pode presenciar.
Não quer votar? Sobre a politica não terás direito de opinar;
Não quer trabalhar? Tudo bem, mas como irá viver, se manter, se alimentar?;
Não querem andar na linha? Isso é puro egoísmo, meus amigos;
Não usem drogas? Até sua mãe diz isso pra você. Por que se autoridades quando falam que protestam?; N…

Corpos separados e amores marcados.

Tenho abandonado as pessoas quando mais as amei, causando esquecimento quando o que precisava era compaixão. Mas tenho que aprender a conviver com isso, amo as lembranças de que sempre, em todos os momentos em que estiver com elas, eu as amei. Meu tormento és pensar que sou cruel, capaz de deixar o amor quando ele me encontrara. Atender a porta quando alguém insistentemente me liga ao telefone implorando por paciência, porém, algo me prende.
Posso ser cruel, mas amo. Amo tanto que prefiro os fazer sofrer com meu amor ao invés do meu desprezo.
É uma das minhas melhores lembranças, que ficarão guardadas em bom estado. Talvez em péssima pessoa, depender do ponto de vista de quem ler isso. As músicas não cantam mais, choram comigo. Lágrimas nunca acabam, somente o sofrimento. E esse logo passará.
O amor é o que cura todas as dores, não o tempo como dizem. Eu amo, você com certeza ama. Há porque não de se recuperar?
Eu sou uma amiga distante, amiga da solidão, amante do presente, cruel com …

Nada que os outros possam desvendar

Eu estou dormindo para fugir da noite que eu não vejo o amanhecer.
O dia ainda esta escuro, porém eu já venho a enlouquecer.
Se é tem cura, por medo, não buscarei
Talvez eu esteja perdendo a razão
Mas falando sobriamente, essas coisas nunca direi
Admito, reconheço não estar bem
Sendo uma refém
Refém de mim própria
Presa dentro de minhas ideias
Pois quando a música toca
Ela parece ser minha e de mais ninguém.
Egoísmo sem fim
Enraizou dentro de mim e parece ficar.
Você pode não entender,
você pode não querer entender,
mas vê.
Nunca duvidei da capacidade dos demais
Por que são inteligentes quando querem,
As vezes, de fato inútil, mas vê.
E se os olhos não veem, o coração sente.
Seres inteligentes,
Não usam a capacidade que lhes foi presenteada.
Esperava que entendessem que passo dias no meu quarto
esperando tentando entender vocês também.
Entretanto, não é nada além de um sentimento
Onde ninguém vai me encontrar
Pelos motivos que ainda tento decifrar.
Rimas só saem assim
Pelo menos de mi…